Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Considerações Especiais relacionadas a certos Tipos de Câncer e seu Tratamento

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/02/2016 - Data de atualização: 16/02/2016


Urostomia, Colostomia ou Ileostomia

Ostomia é uma abertura cirúrgica, com a função de ajudar um órgão. Uma urostomia leva a urina através de uma nova passagem para fora do corpo  por um orifício no abdome denominado estoma. Colostomia ou ileostomia são aberturas no abdome para eliminar as fezes. Na ileostomia, a abertura é feita com uma parte do intestino chamada íleo. Na colostomia é feita com uma parte do cólon (intestino grosso).

Você pode reduzir o efeito que produzem as ostomias na sua vida sexual, se você tomar algumas medidas simples. Primeiro, certifique-se de que o sistema se encaixa bem. Verifique a vedação e esvazie a bolsa antes do sexo. Isso reduzirá a possibilidade de vazamento. Em caso de vazamento fique atento e pronto para um banho de limpeza junto com sua/seu parceira(o) e depois tente novamente.

Uma opção é usar uma bolsa de ostomia especial de pequeno porte durante o sexo. Ou se você tiver um sistema de 2 peças, coloque a válvula de descarga do lado. Se você usa um cinto elástico, coloque a bolsa vazia no cinto durante o sexo. Também pode usar uma faixa larga ao redor da cintura para manter a bolsa fora do caminho. Outra maneira de fixar a bolsa é usar fita adesiva. Alguns homens se sentem mais confortáveis usando camisetas para cobrir suas ostomias e bolsas.

Para reduzir o atrito contra a bolsa, escolha posições que mantém o peso do seu/sua parceiro(a) fora da ostomia. Se você tiver uma ostomia, mas gosta de ficar por baixo durante o sexo, coloque uma pequena almofada sobre sua bolsa. Assim sua/seu parceira(o) pode encostar na almofada e não na ostomia e na bolsa.

Laringectomia

É uma cirurgia que remove a laringe. Provoca alterações na fala e a respiração é através de um estoma (abertura ou orifício) no pescoço. Com isso o ar que você respira não pode mais ser purificado pelo filtro natural do nariz, é necessário um tipo especial de cobertura do estoma. Além de poeira e partículas, a tampa do estoma esconde o muco que chega ao estoma. Um lenço, ou gola alta pode esconder a tampa do estoma. Mesmo durante o sexo, uma cobertura pode parecer mais atraente do que um estoma aberto.

Durante o sexo, o/a parceiro/a pode inicialmente ficar assustado pelo fluxo de ar que atinge um local não usual do seu corpo. Você pode diminuir o odor do estoma, evitando comer alho ou alimentos picantes e usando perfumes ou loção pós-barba. Às vezes, a dificuldade com a fala interfere com a comunicação entre os casais. Se você aprendeu a falar usando seu esôfago, falar durante o sexo não é um grande problema. Mas é preciso mais esforço, e você pode perder algumas nuances emocionais. Um aparelho colocado no estoma também pode funcionar bem. Mas, nenhum método permite que você sussurre no ouvido de sua/seu parceira(o). Se você usa a mão para falar, a comunicação durante o sexo pode ser difícil. Ainda assim, você pode dizer muita coisa sem palavras guiando a mão de sua/seu parceira(o) ou usando a linguagem corporal.

Falar não é estritamente necessário durante o sexo. Mas, com uma/um nova/o parceira(o), você pode querer falar sobre como gosta de ser acariciado e sobre as posições que você gosta, antes de começar a relação. Você também pode pré-selecionar formas de sinalização ou mensagens importantes que deseja compartilhar durante o sexo.

Tratamento para Câncer de Cabeça e Pescoço

Alguns tipos de câncer de cabeça e pescoço são tratados com cirurgia que remove parte da estrutura óssea do rosto. As cicatrizes são visíveis, podendo ser devastadoras para a sua autoimagem. Cirurgias na mandíbula, palato ou língua também podem alterar a maneira de falar. Recentes avanços em cirurgia plástica, enxertos de tecido e próteses fazem com que a aparência de muitos pacientes seja mais normal e melhoram a fala. Orelha e nariz podem ser feitas de plástico, melhorando a aparência e a autoestima do paciente.

Amputação de um Membro

Alguns tipos de câncer e tratamentos cirúrgicos podem precisar da amputação de um membro.  A amputação pode modificar a forma como se realiza o ato sexual. Por exemplo, um paciente que perdeu um braço ou uma perna pode se perguntar se poderia usar sua prótese durante o sexo.

A resposta depende do casal. Às vezes, a prótese ajuda com o posicionamento e o movimento. Mas, as fitas de fixação podem atrapalhar. Sem a prótese, a pessoa pode não se manter nivelada durante o sexo. Almofadas podem ser usadas para apoio. Amputações podem dar a sensação de dor fantasma. Este efeito colateral pode interferir com o desejo sexual e distrair a pessoa durante o sexo. Se este é um problema, converse com seu médico sobre como controlar e aliviar a dor.

Perda de um ou ambos os Testículos

Os testículos são o símbolo da masculinidade como os seios são do sexo feminino. Embora alguns homens não se sintam chateados com a nova imagem, outros podem ficar receosos com a reação da/o parceira(o). Isto é mais evidente em homens que não estão em um relacionamento a longo prazo.

Remoção do Testículo no Câncer de Próstata

Homes que fazem tratamento contra o câncer de próstata metastático podem ter ambos os testículos removidos para não produzir mais testosterona, que estimula as células cancerosas. Mas, o epidídimo ainda está lá, portanto o escroto não está completamente vazio.

Câncer de Testículo

Em homens com câncer de testículo, o cirurgião normalmente remove o testículo com câncer e deixa o outro intacto. Alguns homens podem desenvolver um segundo tumor no outro testículo.

Homens com câncer de testículo são geralmente jovens. Eles podem ser solteiros, podem ser atletas e se sentem envergonhados pelo testículo perdido. Para obter uma aparência mais natural, o homem pode optar por colocar uma prótese testicular durante a cirurgia. A prótese é preenchida com solução salina e pode ser adequada ao tamanho do testículo contralateral remanescente. Pode parecer um testículo normal em escrotos intactos. A única evidência seria a cicatriz da cirurgia, que é muitas vezes parcialmente escondida por pêlos pubianos. No caso de ser removida parte da pele escrotal, a prótese testicular não aparenta ser natural.

Diminuição do Tamanho do Pênis

Após a cirurgia de próstata, um homem pode ficar chocado ao descobrir que seu pênis é menor do que antes. Por cerca de 6 meses após a cirurgia, pode parecer ter encolhido dentro do corpo, como quando um homem fica na água fria. A diminuição do tamanho do pênis é comum após a cirurgia, e muitas vezes o homem não é informado sobre esse fato.

A causa da retração peniana é desconhecida. Alguns acreditam que esse efeito colateral pode ser menor se a preservação nervosa é feita. Enquanto os nervos que controlam a ereção estão se recuperando, são estes mesmos nervos que puxam o pênis para dentro do corpo. Mas, estudos mostraram que o pênis pode ficar menor até um ano após a cirurgia, então provavelmente existem outras causas. Por exemplo, as mudanças do fluxo sanguíneo, cicatrizes, alterações no tecido peniano que resultam na perda da ereção.

Atualmente, não existe nenhuma maneira de prevenir ou tratar a retração do pênis. Alguns estudos sugerem que a reabilitação peniana precoce pode ajudar, especialmente quando são utilizados dispositivos a vácuo. Mas, é necessário mais estudos.

Câncer de Pênis

Em casos de câncer de pênis ou da extremidade inferior da uretra, o tratamento pode remover parte ou a totalidade do pênis. Essas cirurgias são raras, mas podem ter um efeito devastador na autoimagem do homem e sua vida sexual. Se o câncer de pênis é diagnosticado precocemente, radioterapia e quimioterapia locais às vezes podem ser usados para tratá-lo. Estes tratamentos têm pouco efeito sobre o prazer e funcionamento sexual. Mas, na maioria dos casos, a única maneira de deter o câncer é remover a parte afetada do pênis.

A penectomia parcial remove apenas a parte final do pênis. O cirurgião deixa suficiente tecido para permitir que o homem direcione o fluxo de urina. Os homens ficam muito surpresos ao saber que uma vida sexual satisfatória é possível após a penectomia parcial. O restante do pênis pode ficar ereto quando excitado. Geralmente fica o tempo suficiente para permitir a penetração. Embora a área mais sensível do pênis (a glande ou cabeça) não esteja mais presente, um homem ainda pode atingir o orgasmo e ter uma ejaculação normal. Sua/seu parceira(o) pode ainda desfrutar do sexo e atingir o orgasmo da mesma forma como antes da cirurgia.

Os cirurgiões reconhecem quão devastador é a perda do pênis para um homem. Em geral, eles tentam uma cirurgia que preserve o máximo possível do pênis. Mas é importante que seja retirado todo o câncer, e isso pode limitar a margem de segurança. Se o corpo e a glande não podem ser salvos, deve ser feita a penectomia total. Esta cirurgia retira todo o pênis, incluindo a base que se estende até a pelve. O cirurgião cria uma nova abertura para a uretra entre o escroto e o ânus. O homem ainda pode controlar sua urina porque o esfíncter na uretra se encontra acima do pênis.

Alguns homens desistem de sexo após uma penectomia total. Já que o câncer de pênis é mais comum em homens idosos, alguns já não têm mais atividade sexual por causa de outros problemas de saúde. Mas, se um homem está disposto a continuar sua vida sexual, o prazer é possível após uma penectomia total. O homem pode aprender atingir o orgasmo quando áreas sensíveis, como o escroto, ou a pele atrás do escroto e a área ao redor de cicatrizes cirúrgicas, são acariciados. Ele ou sua/seu parceira(o) pode colocar um dedo dentro do ânus para massagear delicadamente a próstata. Algumas pessoas preferem usar luvas de látex ou plástico com um lubrificante para fazer isto, unhas curtas são indispensáveis. Enquanto o reto e a próstata estão saudáveis e não tem cicatrizes cirúrgicas, traumatismos ou câncer, muitos homens acham muito prazeroso. É preciso alguma prática, já que pode parecer estranho ou provocar a sensação de ter que urinar. Ter uma fantasia sexual ou ver imagens eróticas também pode aumentar a excitação. Você pode ajudar sua/seu parceira(o) a chegar ao orgasmo através de carícias na região genital, sexo oral ou usando um vibrador.

Outras opções poderão estar disponíveis no futuro. Alguns cirurgiões estão estudando a reconstrução do pênis após uma penectomia total. Este é um procedimento complexo que requer microcirurgia para reconectar os nervos e vasos sanguíneos. Enxertos devem ser retirados de outras partes do corpo, como braço, perna, tórax, costas ou na virilha. Às vezes osso deve ser enxertado para permitir a ereção após a cirurgia. Em outros casos, os implantes podem ser usados. Se você estiver considerando esta opção, você deve certificar-se quanto a experiência do cirurgião com esta técnica. Sua taxa de sucesso, cicatrizes, e complicações.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive