Tipos de Câncer

Câncer de Intestino Delgado

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier Viatris


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Cirurgia para Câncer de Intestino Delgado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 23/04/2013 - Data de atualização: 27/03/2017


A cirurgia é o principal tipo de tratamento para o câncer de intestino delgado. Atualmente, a cirurgia é o único tratamento que pode curar um câncer de intestino delgado. O tipo de cirurgia depende de uma série de fatores, como tamanho do tumor, localização, estadiamento e estado de saúde geral do paciente.

Os principais tipos de procedimentos cirúrgicos para o câncer de intestino delgado são:

  • Ressecção

Geralmente esta cirurgia é feita através de uma incisão no abdome. Neste procedimento é retirada a parte do intestino que contém o tumor e parte do tecido normal de ambos os lados do tumor. Alguns tecidos próximos contendo os gânglios linfáticos também serão removidos. A retirada de parte do intestino geralmente não interfere na alimentação e na digestão.

  • Pancreatoduodenectomia

Pancreatoduodenectomia ou procedimento de Whipple é realizado para tratar cânceres do duodeno, embora seja mais frequentemente utilizada para o tratamento de tumores pancreáticos. Neste procedimento são retirados o duodeno, parte do pâncreas, nódulos linfáticos, parte do estômago, vesícula biliar e parte do ducto biliar comum. O ducto biliar remanescente é ligado ao intestino delgado, de modo que a bílis do fígado possa continuar sendo drenada no intestino delgado.

Este procedimento é complexo e tem um alto risco de complicações cirúrgicas, como problemas nas anastomoses (conexões internas), infecções, hemorragia e problemas com o esvaziamento gástrico. A maioria, se não todos, os pacientes que realizam este tipo de cirurgia perdem muito peso.

  • Cirurgia Paliativa

Se o tumor não pode ser completamente removido porque a doença já se disseminou, a cirurgia é realizada para ajudar a melhorar alguns dos sintomas causados pela doença. Esse procedimento é denominado cirurgia paliativa. Na maioria das vezes essa cirurgia é realizada para diminuir a dor, náuseas e vômitos, e permitir que o paciente volte a se alimentar normalmente.

Em alguns casos, pode ser necessária a colocação de um stent para a passagem do alimento digerido. Se isto não puder ser feito, um cateter pode ser colocado no estômago para drenar e diminuir os problemas com náuseas e vômitos.

Fonte: American Cancer Society (09/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive