Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Casos avançados de câncer explodiram por falta de mamografia na pandemia, diz médico

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/10/2021 - Data de atualização: 29/10/2021


Em entrevista à CNN nesta sexta-feira (29), Fernando Maluf, oncologista e fundador do Instituto Vencer o Câncer, afirmou que os casos avançados de câncer de mama explodiram durante a pandemia de Covid-19 por falta da realização de exames como a mamografia e o ultrassom.

“O câncer de mama é diagnosticado precocemente através da mamografia e complementado com o ultrassom a partir dos 40, 45 anos de idade para a população em geral. Esses dois exames conseguem reduzir o risco de morte em até 40%, porque diagnosticam a doença que ainda não é perceptível ao toque, ou seja, que não apresenta sintomas, mas aparece de modo sutil nas imagens”, explicou Maluf.

“Na pandemia, essas imagens deixaram de ser feitas se comparadas com os anos de 2018 e 2019, e mais de 90% das pessoas dependendo do mês. Isso por conta do isolamento, que foi tão importante, mas infelizmente a comunicação foi imperfeita no sentido de que as pessoas não deveriam se isolar para fazer seus exames de rotina. E por causa dessa redução drástica nos exames de mamografia e ultrassom, tivemos uma explosão de casos avançados.”

O mês de outubro é tradicionalmente conhecido como o mês de prevenção ao câncer de mama, e apesar de estar chegando ao fim, é sempre importante reforçar a necessidade de realizar os exames e consultas periódicas, mesmo sem apresentar sintomas da doença.

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de mama atingiu mais de duas milhões de mulheres no mundo somente no ano passado, e é a principal causa de mortes de mulheres no Brasil.

Fonte: CNN Brasil



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive