Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Associação busca pacientes de câncer raro que afeta a produção do sangue

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 17/12/2018 - Data de atualização: 17/12/2018


Cansaço excessivo e progressivo, anemia, emagrecimento, perda de apetite, dor óssea e aumento de baço e fígado estão entre os sintomas da mielofibrose, câncer raro causado por uma mutação nas células-tronco que prejudica a produção das células sanguíneas.

Com a fabricação de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas afetada, fica comprometido o combate a bactérias e vírus, o transporte de oxigênio e o controle de hemorragias, respectivas funções dessas células.

Com estimativa de incidência entre 0,5 e 1,33 caso por 100.000 habitantes/ano, a doença pode ser silenciosa. Cerca de um terço (32%) dos diagnósticos levaram mais de dois anos, segundo uma pesquisa da Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia) com os 76 pacientes com mielofibrose cadastrados na organização. Além disso, 67% passaram por mais de duas especialidades médicas para chegar a um resultado conclusivo.

O número de quimioterapias para o tratamento vem crescendo e teve um salto de 175% no Brasil entre 2008 e 2016. No entanto, a doença segue desconhecida, e, por isso, a Abrale realiza a campanha Procura-se para orientar a população e profissionais de saúde a respeito da mielofibrose. O objetivo é que os pacientes tenham a possibilidade de tratá-la e ter uma sobrevida com qualidade. Para mais informações, acesse o site da Abrale.

Fonte: Folha de S.Paulo

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive