Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Aprovada audiência pública para debater auxílio doença parental

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/06/2019 - Data de atualização: 26/06/2019


O que houve?

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) aprovou, nesta quarta-feira (26), o Requerimento n° 62/19, que solicita a realização de audiência pública para debater o Projeto de Lei n° 1.876/15, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social, para instituir o auxílio doença parental.

A autora do requerimento, deputada Flávia Morais (PDT-GO), explicou que atualmente o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) não admite a concessão de licença remunerada para acompanhar pessoa enferma da família. Por isso, o Projeto de Lei n° 1.876/15, tema de debate da audiência pública, objetiva dar tratamento isonômico aos segurados do Regime Geral de Previdência Social – RGPS em relação aos segurados dos Regimes Próprios de Previdência Social – RPPS.

“A proposta oferece um limite máximo de doze meses para a concessão do auxílio doença parental e delega ao Poder Executivo, a regulamentação das situações que exigem menor e maior tempo de acompanhamento, o que seria difícil de fixar em lei”, finalizou.

Serão convidados para debater o tema:

  • Ministério Público do Trabalho.
  • Representante da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.
  • Sra. Ana Amélia - autora da proposta.
  • Representante do Instituto Oncoguia.
  • GRAAC.
  • Representante do Conanda.

 
E agora?

A data para deliberação da Audiência Pública será definida posteriormente.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive