Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Apresentado novo substitutivo em projeto sobre a Conitec

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/11/2019 - Data de atualização: 22/11/2019


O que houve?

O deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ) apresentou novo substitutivo ao Projeto de Lei n° 2.035/19, que inclui critérios de composição e amplia a transparência da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS. De autoria do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), a matéria tramita em conjunto com o Projeto de Lei n° 2.647/19, do deputado Alexandre Padilha (PT-SP), sobre a publicidade, participação e transparência das reuniões da Diretoria Colegiada da Anvisa e da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.

No primeiro substitutivo apresentado, o relator havia proposto alteração na Lei nº 8.080/90, para incluir a Associação Medica Brasileira como membro na composição da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias, no SUS. Além disso, o texto apresentado pelo relator determina que os membros deverão ter experiência profissional e formação acadêmica compatíveis com o exercício da avaliação de tecnologias em saúde. Conforme o deputado relator da matéria, o intuito é que a Associação Medica Brasileira possa levar a cada reunião da Conitec o posicionamento das sociedades de especialidades médicas sobre cada item a ser deliberado nas reuniões.

No novo substitutivo apresentado, o relator acrescenta outra alteração na Lei nº 8.080/90, para determinar que as reuniões da Conitec sejam públicas e transmitidas em tempo real por via eletrônica, garantindo assim a efetividade do Princípio da Transparência.  O mesmo dispositivo também é previsto para as reuniões da Anvisa. “A proposta é de mérito incontestável para a saúde pública. Em primeiro lugar, a publicidade é princípio constitucional da Administração Pública, e a transparência deveria ser a regra para a maioria das reuniões de órgãos públicos”, argumentou o relator.

O Instituto Oncoguia vem acompanhando a proposição em foco, tendo manifestado ao relator, oportunamente, a necessidade de alteração do dispositivo no que diz respeito às reuniões plenárias da Conitec.

E agora?

O parecer do relator, deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr., será analisado pela Comissão de Seguridade Social e Família. Após apreciação da CSSF, a matéria seguirá para analise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive