Tipos de Câncer

Câncer de Mama Avançado


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Apoio Psicossocial no Enfrentamento do Câncer de Mama Avançado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 25/11/2014 - Data de atualização: 23/09/2020


Pessoas com câncer sabem que ter uma atitude positiva ajuda nos momentos difíceis, melhorando sua qualidade de vida e aumentando sua sobrevida.

Enfrentamento adequado da doença não é ter somente uma visão positiva. Pessoas com câncer devem ser incentivadas a ter uma expectativa realista sobre sua doença para poderem fazer boas escolhas e tomarem boas decisões sobre a enfermidade e seu cuidado. Não adianta que sejam pressionadas para serem positivas, é preciso que entendam e ajam de maneira consciente.

Uma pessoa com esperança verdadeira experimenta uma vasta gama de emoções negativas e positivas e apesar de todas as adversidades e dificuldades, tentará avançar na vida.

Conexão mente-corpo

Estamos nos tornando cada vez mais conscientes da importância de nosso corpo e mente trabalhando juntos na nossa saúde e na recuperação de doenças.

A conexão mente-corpo pode fazer uma significativa diferença para mulheres com câncer de mama, já que gerenciar seus pensamentos, sentimentos, crenças e atitudes pode afetar a resposta do seu corpo ao tratamento.

Pesquisas nesta área conhecida como psiconeuroendrocrinoimunologia mencionam que práticas de conexão mente-corpo podem reduzir o estresse ou ansiedade, aumentar a imunidade, melhorar a qualidade de vida, ajudar a controlar os efeitos colaterais do tratamento e talvez aumentar o tempo de sobrevida.

Sinais de depressão

Para algumas pessoas, lidar com o câncer de mama pode levar à depressão grave e estresse emocional. Esses sentimentos podem ser mais fortes no primeiro ano após o diagnóstico. Se os sintomas abaixo durarem mais do que duas semanas, são sinais de depressão clínica e é muito importante conversar com um psicólogo ou um psicooncologista:  

  • Humor triste constante na maioria dos dias.
  • Perda de prazer nas atividades que faz para se divertir.
  • Perda de interesse em trabalho ou lazer.
  • Falta de concentração.
  • Insônia prolongada.
  • Sensação de cansaço.
  • Mudança nos hábitos alimentares.
  • Afastamento dos amigos e familiares.
  • Sentimentos de desesperança, inutilidade ou culpa.
  • Pensamentos frequentes de morte ou um desejo de morrer.

Tratamento contra depressão

A depressão deve ser tratada, assim como o câncer de mama. O médico pode prescrever terapia antidepressiva de curto prazo, se a paciente está passando por um período difícil. No entanto, é importante conversar com o oncologista antes de tomar qualquer medicação contra depressão, pois alguns medicamentos podem interferir com os utilizados no tratamento do câncer de mama.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive