Fórum Oncoguia discute desafios dos pacientes com melanoma no País

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 10/12/2018 - Data de atualização: 10/12/2018

Estudo inédito sobre as condições de tratamento no sistema público de saúde será apresentado no evento

Levantamento da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, ligada à Organização Mundial de Saúde, mostra a ocorrência de cerca de 200 mil novos casos de melanoma por ano no mundo. No Brasil, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) prevê para este ano que 6.260 pessoas terão diagnóstico da doença: 3.340 mulheres e 2.920 homens. Embora menos prevalente que outros tipos de câncer, o melanoma preocupa pela sua agressividade. É um tumor com alta taxa de mortalidade.

Segundo estatísticas, o câncer de pele é o mais frequente no País, correspondendo a aproximadamente 30% de todos os tumores registrados. O melanoma, por sua vez, representa apenas 3% das neoplasias malignas de pele. No entanto, trata-se de moléstia grave, devido à elevada possibilidade de metástase.

Uma das principais causas desse tipo de câncer são os raios ultravioleta (UV), que podem danificar o DNA das células da pele. Sua origem está nos melanócitos (células produtoras de melanina, substância que determina a cor da pele), sendo mais frequentes em adultos brancos. O melanoma pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Já em pessoas de pele negra, é mais comum nas áreas claras, como palma das mãos e planta dos pés.

Para discutir o cenário brasileiro sobre a doença, o Instituto Oncoguia promove na próxima quarta-feira, 12 de dezembro, um fórum temático com a participação de especialistas, pacientes, imprensa e gestores de saúde. 

Nos últimos anos, novos tratamentos permitiram mudar a realidade dos pacientes com melanoma no mundo, principalmente por conta das terapias alvo e imunoterapia. Esse e outros temas relacionados serão abordados no fórum, além de prevenção e diagnóstico do melanoma. Serão discutidos as novidades e os principais desafios enfrentados pelos pacientes no SUS e na rede privada.

No caso específico do Sistema Único de Saúde (SUS), o Instituto Oncoguia, em parceria com a plataforma Clique SUS, apresentará um estudo inédito sobre como o paciente de melanoma é tratado na rede pública. “São raros os pacientes da rede pública que recebem o tratamento adequado”, diz Luciana Holtz. “Precisamos chamar atenção do governo para essa doença.”

Inscrições gratuitas.

Serviço:
Fórum Temático Oncoguia: Desafios do Melanoma no Cenário Brasileiro
Data: 12 de dezembro de 2018
Horário: 8h às 18h
Local: Nobile Paulista Prime
Endereço: Alameda Campinas, 540 – Jardim Paulista – São Paulo

Sobre o Instituto Oncoguia
O Instituto Oncoguia é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em 2009. Tem como missão ajudar o paciente com câncer a viver melhor por meio de ações de educação, conscientização, apoio e defesa dos direitos dos pacientes.

E-mail
Facebook: Instituto Oncoguia
Canal Ligue Câncer: 0800 773 1666 

Informações para a imprensa
Gabriela Scheinberg – gabileder@gmail.com - (11) 98111-9294

Programação completa

8h00 - 8h45 | Credenciamento  e welcome coffee

8h45 - 9h00 | Abertura institucional
- Luciana Holtz, fundadora e presidente - Instituto Oncoguia

9h00 - 9h30  | Palestra de abertura - Melanoma: Ontem, hoje e amanhã
- Rodrigo Munhoz, Oncologista especialista em tumores cutâneos e sarcomas do Hospital Sírio Libanês e Instituto do Câncer do Estado de São Paulo

9h30 - 10h30  | Mesa Redonda: Os desafios da prevenção do melanoma
Moderador: Theo Rupert, editor no Grupo Abril
A experiência do Juntos Contra o Melanoma: foco em conquistas e desafios
- Elimar Elias Gomes, médico Dermatologista e Cirurgião Dermatológico e Membro titular da SBD | SBCD | GBM
A experiência do Melanoma Brasil com campanhas de prevenção: conquistas, desafios e aprendizados
- Soraia Nakano, diretora do Grupo de Apoio e Acolhimento à Pacientes do Melanoma Brasil

10h30 - 12h00  | Mesa redonda: Estou com melanoma e agora?
Assuntos que serão abordados:
Diagnóstico e tratamento cirúrgico do melanoma
- Alberto Wainstein, Cirurgião oncológico atuante na rede privada -  Hospital Mater Dei, Hospital Vila da Serra e Hospital Vera Cruz e na rede pública(SUS)
Tratamento sistêmico do paciente com melanoma
- Rodrigo Munhoz, médico Oncologista especialista em tumores cutâneos e sarcomas do Hospital Sírio Libanês e Instituto do Câncer do Estado de São Paulo
Manejo de efeitos colaterais do paciente com melanoma
- Marina Sahade, membro titular do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês e Médica Assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo

12h00 - 13h15  | Almoço

13h15 - 13h45  | Melanoma no SUS: Estudo ONCOGUIA e CliqueSUS
- Rafael Kaliks, Oncologista Clínico no Hospital Albert Einstein
- André Marques dos Santos, AtSaúde

13h45 - 15h30 | Desafios do tratamento do melanoma no Sus e na saúde privada
Debate com convidados:
- Sandro Martins, Coordenador-Geral da Atenção Especializada do Ministério da Saúde, membro da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias em Saúde (CONITEC)
- André Sasse, Presidente do Grupo Sonhe de Campinas, responsável pelos serviços de oncologia do Hospital Vera Cruz, Instituto do Radium e Hospital Santa Tereza
- Alberto Wainstein, Cirurgião oncológico atuante na rede privada -  Hospital Mater Dei, Hospital Vila da Serra e Hospital Vera Cruz e na rede pública(SUS)

15h30 - 16h00  | Encerramento






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive