Professora paranaense é indicada a prêmio internacional de pesquisa contra o câncer

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/07/2021 - Data de atualização: 22/07/2021

Uma professora de Química da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no Paraná, foi indicada ao Prêmio Internacional de Pesquisa em Oncologia e Câncer, na categoria ‘Melhor Pesquisa’.

O reconhecimento dado à Juliana Inaba é resultado de um artigo publicado por ela no Grupo de Estudos de Biomoléculas e Bioatividade (Gebb) da universidade, onde ela atua como líder.

“Esta indicação é um reconhecimento dos nossos esforços contínuos para a execução de projetos de pesquisa de ponta, com resultados impactantes na comunidade científica”, disse a professora.

O estudo – só pelo nome parece ser incrivelmente complexo! – se chama “Nanopartículas de prata com cobertura de porfirano como um agente antibacteriano promissor e modificador de eletrodo para eletroanálise de 5-fluorouracil” (traduzido do inglês).

Ele é fruto dos resultados obtidos durante a iniciação científica das então alunas de Farmácia Luana Bojko e Gabriela de Jonge, com colaboração dos alunos de doutorado Dhésmon Lima e Luma Clarindo Lopes, do Programa de Pós-Graduação em Química da UEPG.

Segundo a universidade, também são coautores da pesquisa os professores Adriano G. Viana, Jarem Raul Garcia, Christiana Andrade Pessoa e Karen Wohnrath, do Departamento de Química.

Tratamento contra tumores malignos 

Juliana explica que sua pesquisa desenvolveu um sistema para quantificar o 5-fluorouracil – uma substância que trata tumores sólidos (e malignos), como adenocarcinoma colorretal, câncer de mama, pâncreas, estômago, próstata, cabeça e pescoço.

O composto pode gerar reações graves e, por isso, o seu controle de qualidade é essencial.

Para fazer o controle do 5-fluorouracil, são utilizadas nanopartículas de prata que não agridem a natureza. Isso foi possível graças a alga conhecida como Nori (Porphyra), popular na culinária japonesa, para o preparo de sushis.

“Com esse reconhecimento, esperamos divulgar os trabalhos desenvolvidos com excelência na UEPG, destacando a importância da valorização da ciência no nosso Estado e País”, ressaltou Juliana.

Os vencedores do Prêmio Internacional de Pesquisa em Oncologia e Câncer serão apresentados via cerimônia virtual nesta semana.

Fonte: Razões para Acreditar 






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive