Plenário pode votar PL sobre celeridade em exames de câncer

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/10/2019 - Data de atualização: 16/10/2019

O que houve?

O plenário do Senado Federal pode votar hoje (16) o Projeto de Lei da Câmara n° 143/18, de autoria da deputada Carmem Zanotto (Cidadania-SC), que estabelece que, em casos de suspeita de câncer, os exames para diagnóstico sejam realizados num prazo máximo de 30 dias, mediante pedido do médico responsável.

O PLC n° 143/18 foi aprovado em abril deste ano pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e passou a tramitar em regime de urgência, solicitado por meio do Requerimento n° 279/19, de autoria da Comissão.

O relator da matéria na CAS, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), ressaltou em seu parecer que o momento da detecção do câncer impacta decisivamente no percentual de pessoas que morrem por causa da doença. De acordo com o senador, independentemente do tipo de neoplasia, o fator mais determinante para o desfecho favorável da terapia é o chamado estadiamento da lesão maligna, ou seja, o quão avançado está o câncer no momento do início do tratamento. Segundo ainda o relator, casos mais avançados, mesmo que submetidos ao melhor e mais caro tratamento disponível, têm chance muito menor de cura ou de longa sobrevida, quando comparados aos casos detectados e tratados ainda no início.

E agora?

A matéria foi incluída na Ordem do Dia e poderá ser analisada pelo Plenário do Senado Federal nesta quarta-feira (16).




Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive