Oncoguia debaterá priorização do câncer colorretal

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 04/10/2017 - Data de atualização: 04/10/2017

O que houve?

Foi aprovado, na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CMULHER) da Câmara dos Deputados, o requerimento 70/2017 que requer a realização de Audiência Pública a se realizar conjuntamente por esta Comissão e pela Comissão de Seguridade Social e Família, para debater a necessidade de priorização do Câncer Colorretal nas políticas públicas de saúde do Brasil.

A autora do requerimento, Deputada Conceição Sampaio (PP-AM), citou dados no Instituto Nacional do Câncer (INCA) para explicar a importância do debate. "No Brasil, em um ano, são estimados 34.280 novos casos de câncer colorretal, sendo 17.620 mulheres e 16.660 homens. Desta forma, o câncer colorretal é o segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres, com números menores apenas do que o câncer de mama. Em homens, é o terceiro tipo de câncer mais incidente”.
 
Destaca ainda que "a melhor forma de diagnosticar o câncer colorretal é precocemente, através de exames e testes: o exame de sangue oculto nas fezes é capaz de identificar traços de sangue não vistos a olho nu, o que pode auxiliar no diagnóstico mais precoce”.
 
Para realização do debate, sugeriu-se os seguintes convidados:

  • Representante da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde.
  • Representante da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) do Ministério da Saúde.
  • Rinaldo Gonçalves, representante do Instituto Nacional de Câncer (Inca).
  • Dr. André Sasse, oncologista e cirurgião da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
  • Luciana Holtz, presidente do Instituto Oncoguia.
  • Dr. Fernando Maluf, oncologista e presidente do Instituto Vencer o Câncer.
  • Dr. Rodrigo Perez, representante da Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino (Abrapreci).

E agora?

A audiência ainda não tem data prevista para ser realizada.



Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive