Oncoguia apoia adoção de estratégias da OMS para eliminação do câncer do colo do útero

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/09/2020 - Data de atualização: 29/10/2020

A adoção da Estratégia Global da Organização Mundial de Saúde, Prevenção e Controle do Câncer do Colo Uterino: Acelerando a Eliminação do Câncer do Colo Uterino como Problema de Saúde Pública, representa um marco na luta contra o câncer.

Causado pela infeção do vírus do papiloma humano (HPV), o câncer do colo do útero é o quarto tipo de câncer mais comum entre as mulheres em todo o mundo. Apesar de ser evitável, também é um problema grave no Brasil, onde 16.590 mulheres são diagnosticadas com a doença todos os anos.

O Oncoguia está pronto(a) para trabalhar em parceria com outros stakeholders nacionais para garantir que esses compromissos globais sejam levados adiante.

A nova estratégia enfatiza a necessidade de implementação integrada de serviços nas comunidades, garantindo equidade no acesso e proteção financeira para todas as mulheres. Ela descreve os três pilares da eliminação do câncer do colo do útero - vacinação do HPV, rastreamento e tratamento - e fornece metas concretas a serem alcançadas até o ano de 2030.

“Essas metas vão trazer uma verdadeira força para oferecer à meninas e mulheres os cuidados de saúde que elas precisam para prosperar”, disse a HRH Princesa Dina Mired da Jordânia, Presidente da União para o Controle Internacional do Câncer (UICC). “A UICC reconhece a liderança da OMS na defesa desta causa, inspirando os países com o maior número de câncer colo do útero para também se comprometerem com a eliminação.”

O Oncoguia convida para as três etapas iniciais no Brasil para enviar uma sinalização da importância da saúde do colo do útero para as mulheres, nossas comunidades e nossas economias.

1. Solicitamos que nosso governo estabeleça um grupo de trabalho técnico para desenvolver/atualizar uma estratégia nacional eficaz de eliminação do câncer do colo do útero e um plano de implementação para garantir que as necessidades e perspetivas das mulheres sejam bem representadas;

2. O país tem uma longa jornada para alcançar a eliminação de quatro casos anuais de câncer do colo do útero por 100.000 mulheres. Nosso segundo apelo é para que o governo assuma um compromisso público com as metas
para 2030.

3. O Oncoguia mobilizará o apoio da comunidade e desempenhará um papel de liderança na construção de conhecimento e confiança nos principais serviços de prevenção e deteção precoce, que salvarão vidas todos os anos enquanto trabalhamos para a meta de eliminação da doença.

Convidamos todos os interessados a se juntarem a nós na construção de uma parceria para a eliminação do câncer do colo do útero no Brasil.

“Queremos que todas as mulheres saibam sobre o câncer do colo do útero. Elas devem ser informadas sobre os fatores de risco, sinais e sintomas e onde elas podem obter ajuda. No entanto, também queremos que nossa comunidade tenha conhecimento e apoie meninas e mulheres na prevenção para manter um colo do útero saudável”, declara Luciana Holtz.

Os Estados Membros da OMS adotaram a estratégia junto com outras resoluções de saúde como parte do procedimento de silêncio lançado após a última Assembleia Mundial da Saúde em maio. Sua adoção é um forte sinal de interesse mundial em progredir nesses temas importantes na saúde pública, apesar da pandemia da COVID-19.

Saiba mais no vídeo abaixo.







Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive