Medicamentos poderão ter reajustes suspensos no Brasil

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/04/2020 - Data de atualização: 06/04/2020

O que houve?

A deputada Clarissa Garotinho (PROS-RJ) apresentou o Projeto de Lei n° 1.293/20, propondo alteração na Lei nº 13.979/20, sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus.

A proposta suspende o reajuste de medicamentos no Brasil enquanto persistir a pandemia causada pelo coronavírus. Este reajuste é autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos anualmente (CMED), sempre no mês de abril.

Em seu texto, a deputada argumenta que não se pode permitir que brasileiros tenham dificuldade em adquirir medicamentos neste momento. “Não é justo, principalmente neste momento de uma crise na área da saúde, autorizar qualquer reajuste de preços em medicamentos. Sejam eles de uso direto ao tratamento do coronavirus ou não”, argumentou.

E agora?

O projeto aguarda despacho da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados.







Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive