Tipos de Câncer

Câncer de Mama

Exercícios após a Cirurgia do Câncer de Mama

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/10/2014 - Data de atualização: 25/07/2020

Durante o tratamento do câncer de mama, muitas mulheres acabam precisando fazer algum tipo de cirurgia, como:

  • Biópsia da mama.
  • Biópsia ou retirada dos linfonodos.
  • Cirurgia conservadora da mama.
  • Mastectomia.
  • Reconstrução mamária.

Qualquer um desses procedimentos pode afetar os movimentos do braço e ombro, bem como a realização das atividades diárias, como se vestir, tomar banho e pentear os cabelos.

Independente do tipo de procedimento cirúrgico realizado, a prática de exercícios físicos após a cirurgia ajuda a restabelecer os movimentos e a recuperar a força no braço e no ombro. Auxilia, também, na diminuição da dor e da rigidez nas costas e no pescoço.

Se a paciente fez radioterapia após a cirurgia, os exercícios são ainda mais importantes para ajudar a manter o braço e o ombro flexíveis. A radioterapia pode afetar o braço e o ombro muito tempo após o término do tratamento. Por isso, é importante desenvolver a prática regular de exercícios para manter a mobilidade dos braços e ombros após tratamento radioterápico para o câncer de mama.

Os exercícios abaixo são cuidadosamente programados para mulheres que fizeram a cirurgia de câncer de mama. Converse com seu médico sobre quais são indicados para você e o momento ideal para começar a fazê-los. Não inicie nenhum desses exercícios sem falar primeiro com seu médico.

A semana após a cirurgia

As dicas e exercícios abaixo devem ser feitas de 3 a 7 dias após a cirurgia. Mas lembre-se: só inicie a prática dos exercícios após a autorização do seu médico!

  • Faça suas atividades diárias normalmente com o braço do lado da cirurgia: se pentear, tomar banho, se vestir e comer.
  • Com o braço elevado na posição acima do nível do coração, abra e feche a mão de 15 a 25 vezes. Em seguida, flexione e estenda seu cotovelo várias vezes. Você também pode flexionar o cotovelo e tocar o ombro do mesmo lado algumas vezes, depois faça isso do lado oposto algumas vezes. Além disso, você pode levantar os braços até a altura dos ombros ou até onde for possível, sem puxar os drenos, e abaixá-los novamente algumas vezes. Repita 3 a 4 vezes ao dia. Este exercício ajuda a reduzir o inchaço através do bombeamento do líquido linfático do braço.
  • Pratique exercícios de respiração profunda (usando o diafragma) pelo menos 6 vezes ao dia. Deite de costas e respire lenta e profundamente. Inspire o máximo de ar que puder enquanto tenta expandir o peito e o abdome. Relaxe e expire. Repita isso 4 ou 5 vezes. Este exercício ajudará a manter o movimento normal do tórax, facilitando o funcionamento dos pulmões. Faça exercícios de respiração profunda com frequência.

Dicas gerais para os exercícios

Os exercícios descritos aqui podem ser iniciados assim que seu médico autorizar, o que geralmente ocorre dentro de uma semana após a cirurgia.

Aqui estão algumas coisas para se ter em mente após a cirurgia de câncer de mama:

  • Você poderá sentir um aperto na mama e axila após a cirurgia. Isso é normal, e diminuirá conforme você faz seus exercícios.
  • Muitas mulheres sentem formigamento, dormência ou dor na parte posterior do braço e/ou na parede torácica. Isso ocorre porque a cirurgia pode irritar alguns nervos. Essa sensação tende a aumentar algumas semanas após a cirurgia, mas continue seus exercícios normalmente a menos que você perceba que está piorando.
  • Experimente fazer os exercícios após um banho quente, quando os músculos estão quentes e relaxados.
  • Use roupas confortáveis ao fazer os exercícios.
  • Faça os exercícios lentamente até sentir um estiramento suave. Mantenha cada trecho no final do movimento e conte lentamente até 5. É normal sentir puxar enquanto estica a pele e os músculos que foram afetados pela cirurgia. Não faça movimentos bruscos durante os exercícios. Você não deve sentir dor, apenas alongamento suave.
  • Tente fazer cada exercício corretamente. Repita cada um de 5 a 7 vezes.
  • Faça os exercícios duas vezes por dia até recuperar a flexibilidade normal.
  • Procure respirar profundamente, de dentro para fora, a cada exercício.
  • Inicie os exercícios deitada, mova-se para a posição sentada e finalize-os em pé.

A seguir alguns exercícios mais comuns que você pode fazer após a cirurgia da mama. Fale com seu médico e veja quais são os mais adequados para você. Não inicie nenhum desses exercícios sem antes conversar com seu médico.

Exercícios com o bastão

Este exercício aumenta a sua capacidade de mover os ombros para a frente. Você precisará de um cabo de vassoura, ou outro objeto tipo bastão. Deite de costas com os joelhos flexionados e os pés no chão.

  • Segure o bastão na sua barriga com as 2 mãos e as palmas voltadas para cima.
  • Levante o bastão com os braços esticados, na medida do possível. Use seu braço não operado para ajudar a levantar o bastão até sentir um tipo de estiramento no braço do lado operado.
  • Segure por 5 segundos.
  • Abaixe os braços e repita 5 a 7 vezes.

Exercícios com o cotovelo

Este exercício aumenta o movimento na parte anterior do peito e ombro. Deite de costas com os joelhos flexionados e os pés no chão.

  • Feche as mãos atrás do pescoço com os cotovelos apontando para o teto.
  • Mova os cotovelos para fora e para baixo em direção ao chão.
  • Repita de 5 a 7 vezes.

Alongamento em lâmina do ombro

Este exercício aumenta o movimento do ombro.

  • Sente-se numa cadeira perto de uma mesa e encoste suas costas na cadeira.
  • Coloque o braço não operado na mesa com o cotovelo curvado e a palma para baixo. Não mova este braço durante o exercício.
  • Coloque o braço operado na mesa, a palma para baixo, com o cotovelo reto.
  • Sem mover o tronco, deslize o braço operado para frente, em direção ao lado oposto da mesa. Você deve sentir seu ombro se mover enquanto você faz isso.
  • Relaxe o braço e repita de 5 a 7 vezes.

Apertando em lâmina o ombro

Este exercício também aumenta o movimento do ombro.

  • Sente-se numa cadeira em frente a um espelho. Não apoie as costas na cadeira.
  • Seus braços devem estar ao seu lado com os cotovelos flexionados.
  • Aperte suas omoplatas juntas, colocando os cotovelos atrás de você. Mantenha seus ombros nivelados conforme você faz isso. Não levante os ombros.
  • Volte para a posição inicial e repita esse exercício de 5 a 7 vezes.

Curvas para o lado

Este exercício aumenta o movimento do tronco e do corpo.

  • Sente-se numa cadeira e coloque as mãos na sua frente. Levante os braços lentamente sobre a cabeça, esticando-os.
  • Quando seus braços estiverem sobre a sua cabeça, incline seu tronco para a direita, mantendo os braços sobre a cabeça.
  • Volte para a posição inicial e incline seu tronco para a esquerda.
  • Repita de 5 a 7 vezes.

Alongamento da parede torácica

Este exercício alonga o peito.

  • Fique de frente para uma quina com os dedos dos pés afastados de 20 a 30 cm da parede.
  • Flexione os cotovelos e coloque os antebraços na parede, um de cada lado. Seus cotovelos devem estar o mais próximo possível da altura dos ombros.
  • Mantenha seus braços e pés no lugar e mova seu peito em direção à quina. Você sentirá como se estivesse esticando seu peito e ombros.
  • Volte para a posição inicial e repita de 5 a 7 vezes.
  • A imagem mostra o alongamento de ambos os lados ao mesmo tempo, mas você pode fazer primeiro o lado direito e depois o esquerdo se achar mais confortável.

Alongamento do ombro

Este exercício aumenta sua mobilidade no ombro.

  • Fique de frente para a parede com os dedos dos pés afastados de 20 a 30 cm da parede.
  • Coloque as mãos na parede. Use os dedos das mãos para "subir a parede", alcançando o máximo que puder até sentir um se fosse um estiramento.
  • Volte para a posição inicial e repita de 5 a 7 vezes.
  • A imagem mostra os dois braços ao mesmo tempo, mas talvez seja mais fácil levantar um de cada vez.

Após a cirurgia

Comece a exercitar-se lentamente e vá aumentando o ritmo. Pare de se exercitar e fale com seu médico imediatamente se você:

  • Se sentir fraca ou começar a perder o equilíbrio.
  • Aumentarem as dores ou outras sensações estranhas no braço.
  • Sentir dor ou sensações estranhas no braço.
  • Tiver dores de cabeça, tonturas, visão turva, ou formigamento nos braços ou na mama.
  • Apresentar inchaço ou piorar um já existente.

O exercício é importante para manter seus músculos e corpo saudáveis, mas também é importante que o exercício seja seguro. Converse com seu médico sobre o tipo certo de exercícios para você e, em seguida, defina metas para aumentar seu nível de atividade física.

Outros tipos de exercício

O exercício para ajudar a melhorar a capacidade aeróbica (coração-pulmão) também é importante. Há evidências de que a ginástica e a perda de peso podem até reduzir o risco de que alguns tipos de câncer voltem após o tratamento. Converse com seu médico sobre a realização de exercícios físicos durante e após o tratamento do câncer de mama.

Outros exercícios são projetados para reduzir o risco de linfedema ou inchaço no braço do lado que você fez a cirurgia. Os exercícios mostrados aqui são principalmente projetados para recuperar a amplitude de movimento (flexibilidade) do braço e do ombro. Converse com seu médico sobre o seu risco de desenvolver linfedema e como reduzir esse risco.

Os exercícios de fortalecimento são recomendados como parte do programas de exercícios regulares para melhorar a saúde. Estes não são iniciados até 4 a 6 semanas após a cirurgia e devem ser adaptados à sua condição médica. O melhor começar esses exercícios sob a supervisão de um fisioterapeuta, para ter certeza de que você está fazendo os exercícios corretamente.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 18/09/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive