Exames Pré-cirúrgicos e a Cirurgia

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 09/05/2018 - Data de atualização: 09/05/2018

Nos dias ou semanas que antecedem a cirurgia provavelmente o médico poderá solicitar vários exames para verificar o estado geral de saúde do paciente e planejar melhor a cirurgia. Os exames mais frequentes podem ​​incluir:

  • Exames de Sangue. Para verificar as taxas sanguíneas, nível de açúcar no sangue, coagulação, funcionamento do fígado e rins, além de outros exames. Também pode ser determinado o tipo sanguíneo, caso o paciente precise de transfusões de sangue durante a cirurgia.
  • Exame de Urina. Para verificar o funcionamento dos rins e se existe alguma infecção.
  • Radiografia de Tórax. Para verificar os pulmões.
  • Eletrocardiograma. Para verificar se não existem alterações cardíacas.
  • Outros Exames. Também podem ser realizados outros exames, como tomografia computadorizada, ressonância magnética ou tomografia por emissão de pósitrons (PET scan) para avaliar o tamanho e a localização do tumor e verificar se espalhou para os tecidos adjacentes ou a distância.

O paciente também passará por um exame físico, onde será investigado problemas como pressão alta, doenças cardíacas, diabetes, consumo de álcool e tabaco e qualquer outra problemas que possa afetar a cirurgia.

Nesse momento informe ao seu médico a relação de todos os medicamentos e suplementos que utiliza, incluindo medicamentos sem receita, vitaminas, suplementos de ervas ou dietéticos. Também é importante que você informe sobre quaisquer reações alérgicas que você já teve, incluindo reações a alimentos ou outras substâncias.

O cirurgião pode modificar a dose dos medicamentos que você usa e pedir que você pare de fumar e ingerir álcool. Procure melhorar sua alimentação, perder peso ou exercitar-se antes da cirurgia.

Preparação para a Cirurgia

Dependendo do tipo de cirurgia pode ser necessário cumprir algumas exigências, conforme orientações recebidas do cirurgião.

É importante ficar em jejum se o procedimento envolver o uso de anestesia. O vômito sob anestesia pode ser muito perigoso porque pode provocar uma condição chamada bronco aspiração, ou seja o conteúdo do estômago vai para nos pulmões, o que provocar uma infecção. Por essa razão, o paciente é orientado a não comer ou beber nada desde a noite anterior à cirurgia. Também pode ser prescrever um laxante para garantir que os intestinos estejam vazios.

É normal ficar ansioso antes da cirurgia e a anestesia. Converse com seu médico sobre sua preocupação para que ele possa prescrever uma medicação para ajudá-lo a relaxar antes da cirurgia.

Durante a Cirurgia

Embora cada tipo de procedimento cirúrgico seja diferente, geralmente alguns têm certos pontos em comum. Por exemplo, durante a cirurgia, o paciente receberá anestesia, que dependerá do tipo e tempo de cirurgia.

Com o paciente anestesiado, a área cirúrgica será cuidadosamente limpa antes de iniciar o procedimento. Após o término da cirurgia o paciente é transferido para a área de recuperação, onde permanecerá até cessarem os efeitos da anestesia e possa ser encaminhado com segurança para o quarto do hospital e posterior alta.

Fonte: American Cancer Society (26/01/2018)





Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive