Doadores de Sabedoria estimula a troca de experiências de vida de pessoas diagnosticadas com doenças graves

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/05/2013 - Data de atualização: 15/05/2013

Falar, desabafar, contar, compartilhar. Essas são ações priorizadas no projeto Doadores de Sabedoria, idealizado por Luiz Fernando Brandão, da consultoria in futuro, viabilizado pelo Instituto Oncoguia e o Museu da Pessoa. A ideia aqui é mostrar histórias de vida de pacientes diagnosticados com doenças graves e servir de canal para dividirem suas experiências, aprendizados e colaborar na valorização de cada momento da vida. Pretende ainda transformar a experiência individual para beneficiar a vida de muitos, estimular, inclusive, cuidados e prevenções com a saúde física, mental e espiritual.

O projeto irá reunir depoimentos registrados por meio do programa Conte sua História, do Museu da Pessoa, um espaço expositivo e estúdio aberto para que toda e qualquer pessoa possa gravar sua história ou indicar alguém. Essas histórias estarão disponíveis no site dos Doadores de Sabedoria.

"É um projeto muito tocante, porque você enxerga algo de familiar naquela história. Quebra qualquer barreira que temos em relação à doença, ou à morte, na medida em que dividimos conhecimento e exemplos de superação, coisas do tipo eu estou aqui, passei por isso e foi bom porque eu me transformei, eu passei a valorizar a minha vida, é como um incentivo a seguir em frente e esta é a verdadeira proposta", revela Karen Worcman, diretora-presidente do Museu da Pessoa.

Karen ressaltou ainda que o Doadores da Sabedoria faz o depoente revisitar suas lembranças e cada etapa de sua trajetória de vida. No caso de pacientes em estado grave, ou aqueles que passaram por situações graves, "a viagem ao passado é um grande presente", de acordo com a diretora.

Não é a primeira vez que o Museu da Pessoa está envolvido com entrevistas de pessoas diagnosticadas com doenças graves. A entidade já realizou uma parceria com o Doutores da Alegria para o projeto Memória dos Pacientes, em julho de 2008. Segundo Karen, "a ideia do projeto era promover uma nova visão sobre o tema da saúde por meio das histórias de vida de pessoas que passaram por internação hospitalar". Ela também explicou que essa iniciativa tinha um olhar sobre a relação entre médicos e pacientes, as expectativas quanto ao tratamento, à percepção do hospital pelo ponto de vista do próprio paciente, além de descrever experiências de evolução e transformação pessoal.

O Museu da Pessoa é conhecido por atuar como museu virtual de histórias de vida aberto à participação gratuita de toda pessoa interessada em compartilhar sua história com a finalidade de democratizar e ampliar a participação dos indivíduos na construção da memória social. Trabalha com escolas, empresas, instituições e grupos diferentes. "Procuramos promover a conexão entre as pessoas por meio da valorização do que cada um de nós tem de mais singular: a nossa própria história. Ao perceber o valor de cada um, acreditamos contribuir de forma efetiva com a promoção do diálogo e a mudança de valores sociais", enfatiza Karen.

A presidente do Instituto Oncoguia Luciana Holtz de Camargo Barros ressaltou nesse projeto a questão dele ser colaborativo. Devido sua trajetória profissional dentro da entidade, a médica avalia que esses pacientes têm sim interesse em dividir seus momentos, que ajudam ajuda a refletir esse momento sob um aspecto construtivo. "Constantemente recebemos pedidos dizendo isso: eu quero compartilhar uma história, eu quero conversar com alguém que está passando por uma situação como a minha". Esses depoimentos, segundo a psico-oncologista especialista em Bioética, podem ajudar a confortar os pacientes, uma tentativa dele não se sentir sozinho.

A também pontuou que a entidade já atua com história pessoal dos pacientes, por meio de conteúdos, entrevistas, no site, da rádio e na Oncoguia TV.

Como participar

Neste momento, a equipe do Doadores da Sabedoria recebe depoimentos pelo espaço do Fale Conosco e e-mail de contato dos interessados em registrar sua história. Essas entrevistas serão agendadas.

Fonte: BLOG DEFICIÊNCIAS / ONLINE

Data da publicação: 05/12/2011





Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive