Câncer de próstata: realização de exame cai 45% na rede privada do DF

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 08/11/2021 - Data de atualização: 08/11/2021

Levantamento feito pelo Sindicato de Laboratórios e Centros de Diagnósticos Privados do Distrito Federal (Sindilab) constatou que o número de exames realizados em 2020 para a detecção do câncer de próstata foi 45% menor em relação a 2019 na capital da República.

Ainda de acordo com a pesquisa, trata-se da maior queda já registrada na história. A busca por exames preventivos para a detecção do câncer de mama pelas mulheres também foi 12% menor em 2020 em relação a 2019.

Na opinião do oncologista Paulo Gustavo Bergerot, isso se deve em grande parte à pandemia da Covid-19. “Com a necessidade do isolamento social, houve uma relativa negligência em relação a consultas de rotina para investigar problemas diversos. Isso é especialmente prejudicial, pois acarreta uma tendência de diagnósticos mais tardios”, pondera o especialista.

Tratável e curável

O câncer de próstata é o tumor com a maior prevalência entre os homens. Ele é tratável e curável. “Porém, o diagnóstico precoce e o tratamento imediato são fundamentais. Não devemos esperar por sintomas. Tumores prostáticos não são sintomáticos quando estão em estágio inicial. Eles aparecem já em estágio avançado”, complementa o oncologista.

O especialista estima que a maioria das pessoas acima dos 60 e 70 anos pode ter algum problema na próstata. “Não necessariamente maligno. Entretanto, desses, até 11% podem desenvolver câncer de próstata”, conclui.

A estimativa de novos casos da doença no país prevista pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) para o ano de 2021 é de 65.840 ocorrências.

Fonte: Metrópoles 






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive