Câncer de próstata é o mais comum entre homens, com 29% dos diagnósticos no país

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/05/2022 - Data de atualização: 19/05/2022

O câncer de próstata é o mais comum entre os homens e representa 29% dos diagnósticos da doença no país. Mesmo assim, a demora no atendimento é uma realidade enfrentada pelos pacientes da rede pública.

O ouvinte Luiz Carlos Silva está desde outubro aguardando uma consulta urológica. Ele contou que teve um aumento elevado na próstata diagnosticado e que, mesmo com o pedido colocado no SISREG e aprovado no aplicativo em outubro do ano passado, não conseguiu uma consulta.   

A próstata aumentada é muito frequente nos homens. Esta patologia resulta do crescimento anormal do número de células prostáticas, o que leva à compressão da uretra e queixas urinárias. Porém, esse sintoma não é exclusivo de uma só doença. Por isso, é necessária uma consulta de diagnóstico para que o problema seja diagnosticado corretamente e tratado. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam para 65.840 novos casos de câncer de próstata a cada ano, entre 2020 e 2022. 

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que está retomando a capacidade cirúrgica das unidades hospitalares e contratando novos serviços de urologia para atender as solicitações pendentes no sistema de regulação. A secretaria informou ainda que a clínica da família responsável pelo atendimento do ouvinte Luiz Carlos vai entrar em contato com ele para prestar as informações sobre o caso.

*Estagiária sob supervisão de Pedro Dobal

Fonte: BandNews






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive