Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Confira aqui os depoimentos


  • Vanessa Nogueiro Brunhara Batista - Câncer de Ovário
    Creio na cura... Vi muitas curas também... Um dia, há de ser para todos...
Olá. Meu nome é Vanessa Brunhara e meu relato é sobre o câncer de ovário da minha única e tão amada irmã, Débora Brunhara... Débora descobriu câncer de ovário em setembro de 2016, ao completar 40 anos de idade. Não possuía sintomas... Começou a sentir fortes dores abdominais... Foram dezenas de exames, consultas e o tão temido diagnóstico "câncer de ovário – estágio IV”, estávamos juntas neste momento... Nosso chão se abria, diante de nossos olhos... O CA no estágio IV, de um modo geral, apresenta diversas metástases e, no caso da Débora, não foi diferente... Demos início a batalha... Quimioterapias (tantas que não sei mensurar), radioterapias, procedimentos cirúrgicos (nefrostomia, colocação e diversas substituições de duplo J, sucção de derrame pleural), dentre outros procedimentos ‘paliativos’. Nos apegamos às poucas chances que tínhamos, e, no intervalo de 6 meses vimos bastante melhora... A massa tumoral estava bem menor, o tratamento estava dando certo! Havia uma luz no "final do túnel” e venceríamos essa batalha. Na ocasião, os médicos decidiram manter o protocolo por mais um ciclo, visto que estava dando certo... No entanto, no 8º mês do tratamento, perdíamos o chão novamente... O câncer estava mais forte... E havia mais metástases, em órgãos vitais, que até então, estavam preservados... Nesse instante, soubemos que a "batalha” estava ficando mais difícil, mas somos guerreiras... E assim continuamos (Débora, nossa mãe, nosso pai, meu esposo e eu)... Sempre juntos, em uma batalha sem fim... As metástases hepáticas e nos pulmões eram arredias e, conforme aumentava a quimioterapia, maiores ficavam... Débora lutou muito, foi uma guerreira exemplar... Corajosa e resignada... Sempre manteve sua fé inabalada... Em dezembro de 2018, tivemos nosso último Natal... Nossa família se reuniu e foi muito gostoso, no fundo, todos sabíamos que era o último Natal com a nossa "menina’’... E assim foi... No dia 26/12 ela piorou muito e se internou... Teve alta em 06/01 e, nesse dia, soubemos que a levaríamos para casa, para que "partisse” em seu lar, em paz... Assim fizemos e, no dia 14/01/18, minha amada irmã desencarnou, aos 41 anos de idade... Estávamos ao seu lado... Segurava sua mão e dizia "está tudo bem, estou aqui”, até que senti sua mão se soltar da minha... "Minha amada irmã havia partido”... Foi 1 ano e quatro meses de uma batalha intensa... Perdemos... Mas fizemos tudo o que podíamos e lutamos juntas, com todas as nossas forças... Nesse período conheci muitas pessoas, muitos guerreiros e muitas guerreias... Alguns venceram a batalha, outros não... Mas todos lutaram bravamente... Alguns amigos e familiares se distanciaram (e tudo bem, não são todos que estão disponíveis para uma batalha)... Outros lutaram ao nosso lado, tornando nossa batalha mais leve... A eles, anjos em nossas vidas, (tia Meri, que deixou o seu lar para ficar conosco... tio Ito que, com suas visitas para o "café”, animava minha amada irmã com boa conversa. Aos médicos, enfermeiros, profissionais da saúde e aos novos amigos...), minha sincera e eterna gratidão... Como familiar, posso apenas "aconselhar” que amem... Amem desmedidamente... Sempre tive um sublime amor por minha irmã... Sempre nos amamos verdadeiramente... Às vezes acho que sabíamos que não teríamos muito tempo juntas nessa jornada... A amei... e ela partiu sabendo disso... Estive ao seu lado "todos os dias”, exatamente "todos”, soubemos curtir o tempo que tivemos durante o tratamento (tempo de menor enjoo entre quimios, recuperação de cirurgias etc)... Nunca tirem as esperanças dos nossos amados... Para a Débora, sempre dizia "dará tudo certo, estamos juntas nessa batalha”. Quanto ao luto... Palavra pequenina, possuidora de grande significado... Ainda o "elaboro”, com toda minha alma... Creio na cura... Vi muitas curas também... Um dia, há de ser para todos... Sejamos luzes na vida desses seres amados que tanto tem a nos ensinar... Caso queiram conversar estarei disponível no Facebook Messenger como "Vanessa Nogueiro Brunhara Batista”. Fiquem bem...


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 254

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 255

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 256