Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Confira aqui os depoimentos


  • Jardiane Ferreira - Câncer de Próstata
    "A luta do meu paizinho"

Depois de tantas vindas aqui nos depoimentos que vocês colocam pra ajudar eu vim hoje dar o meu depoimento, de uma luta difícil e cheia esperança. 


Três anos atrás meu pai sentiu uma dor muito forte na região dos rins e pediu um amigo da família pra levar ele ao médico, em uma consulta particular.


Começou então uma bateria de exames e consultas, fez o exame de PSA e deu 280. O médico disse que iria fazer uma cirurgia para fazer a remoção da próstata, porém depois descobriu que estava muito grande e dura e não poderia realizar a cirurgia, fazendo apenas uma limpeza para ele conseguir fazer xixi direito. 


Meu pai é muito teimoso, não quis ir pra cidade fazer o tratamento. Eu insisti tanto e ele não quis ir. 


Então, quando foi dezembro de 2019 me ligaram para falar que meu pai estava muito magro e muito mal. Larguei tudo: filho, casa, marido, tudo, e fui pra onde meu pai estava. Chegando lá meu coração entrou em choque, o vendo nessa situação, de uma magreza total. Eu então levei ele ao médico e ele ficou internado por 12 dias, estava com uma anemia muito grave. 


Vou tentar resumir porque a história do meu pai é grande e dolorosa. Então depois de tudo que ele já tinha passado voltou a passar mal, sentia muita dor. A médica nos disse que não tinha como curar o câncer dele, que estava muito grande, mas que ele faria um tratamento para amenizar as dores e dar um pouco de conforto e sobrevida.


Ele começou a fazer quimioterapia. Fez 6 sessões de quimioterapia, aí fez uma cintilografia e descobriu que o câncer já estava nos ossos. Todos os ossos da coluna já tinham metástase óssea e estava com enfisema pulmonar, água no pulmão. 


Depois de 6 meses de tratamento ele melhorou muito, voltou a andar e a comer bem, engordando bastante. Ficou muito feliz, mas como a quimioterapia não fez efeito a médica a suspendeu e o encaminhou para outro hospital para fazer um tratamento com Enzalutamida. Esse medicamento é super caro, mas graças a Deus o hospital forneceu para ele mensalmente. E ele fez uso com gosto. Tomava quatro cápsulas por dia depois do almoço e mais um monte de remédios, mais de 20. 


Depois de 6 meses, fazendo uso do Enzalutamida, o médico pediu para fazer novamente exame de PSA e estava 248. O médico passou mais uma caixa para observar novamente, quando foi na próxima consulta o PSA estava 480. Tinha aumentado muito, enfim o médico suspendeu o tratamento. 


Aí passou um remédio que eu nunca encontrei, o Destilbenol. Procurei muito até na internet pra comprar e nada. Não demorou muito, quando o médico suspendeu meu pai piorou horrores. Não queria mais comer, só queria beber água, e ele foi diminuindo, diminuindo… 


Tudo foi ficando ainda mais difícil, eu era a única filha que cuidava dele, sozinha. Eu e Deus. Ficou muito difícil quando ele começou a perder o movimento do braço e da perna, ele ficou intocável: até pra trocar fralda ele gritava de dor. Tudo doía. Ele perdeu a força para tudo. A única coisa que ele fazia era ficar deitadinho na cama, sossegando. 


Todo dia ele reclamava da garganta apertada, de dor no pé, dor na barriga, dor na região dos rins (que não era nos rins, era na próstata), dores de cabeça, muita dor de cabeça. Meu pai enxergava muito mal, não conseguia mais nem ficar sentado. 


Eu chorava todos os dias e pedia forças para Deus para cuidar do meu pai. Eu dava tudo pro meu pai, cuidava dele com muito amor. Beijava, cheirava, abraçava! 


Meu pai sofreu muito. No final ele começou a ficar mais calado, estava sem fala, apenas balançava a cabeça quando queria algo. Eu sofri muito junto com meu pai. 


Meu amorzinho faleceu dia 21/05/2021. Me deixou, foi descansar. Eu tentei resumir mas não é nem um terço de tudo que passou e sofreu. Para você que está passando isso com alguém tenha fé, Deus um um dia ajuda. Tenha paciência e faça sua parte que Deus fará o resto. Ore muito e peça forças para você poder dar o seu melhor. Fiquem com Deus! 




A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 254

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 255

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 256