Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Confira aqui os depoimentos


  • EM - Câncer de Próstata
    Não desistam, lutem mesmo quando tudo pareça que não vai dar certo
Meu pai tem câncer de próstata, tem 69 anos, aposentado, casado, tem 5 filhas e 5 netos. Sempre foi muito reservado, e ir ao medico sempre foi uma luta, talvez o medo de saber o que não queria ouvir.
 
Na família do meu pai, já morreu um irmão, sobrinho com câncer, e hoje além do meu pai outro irmão dele também luta. Sempre conversava com ele para ir ao médico, fazer um exame de PSA pelo menos, mas ele não ouvia, aí foi emagrecendo, ficando cansado e falava que era da idade, ia ao banheiro a noite inteira, até que marquei uma consulta com um clínico e ele foi, fez exames de sangue de rotina tudo normal, mas o PSA estava um pouco alterado, o clínico recomendou uma consulta com um urologista e repetir o exame dentro de 6 meses. Ele voltou depois de 6 meses repetiu o PSA, mas com um clínico, deu mais alterado ainda.
 
Então foi encaminhado para o urologista, mas como pelo SUS tudo é demorado, eu e minhas irmãs pagamos um particular. Fui com ele ao médico, conversei antes com ele a respeito do exame de toque que ele com certeza teria que fazer. O médico foi muito atencioso, falei a respeito do câncer, dos meus tios e primo. Então após o exame de toque ele falou que a próstata do meu pai tinha uma aparência normal sem nenhum nódulo, pediu mais alguns exames de sangue, ultrassom e deu remédio para ele tomar por 2 meses, pois poderia ser uma hiperplasia benigna.
 
Passado o tratamento levei meu pai ao retorno, repetiu o PSA e tinha subido mais que o anterior. Então foi pedido uma biopsia, o medico era particular, mas também atendia pelo SUS no posto de saúde, e é um ótimo médico, do mesmo jeito que cuidou do meu pai no consultório cuidou pelo SUS. Mas para fazer a biopsia pelo SUS ele entraria na fila de espera que levaria 2 anos, então pagamos a biopsia. Fui com meu pai no dia do exame e fiquei assustada de como ele saiu do consultório, porque esse exame é feito sem anestesia e é muito dolorido.
 
A expectativa do resultado era angustiante, eu já tinha lido bastante a respeito do assunto sobre problemas da próstata, eu peguei o resultado e li, câncer grau 7. Meu pai não tinha sintomas além da fraqueza, urinar varias vezes, o exame de toque não constava nada, o medico fez o procedimento correto tinha que descartar uma inflamação da próstata, tomando o medicamento. Fui conversando com ele antes do dia da consulta, preparando para qualquer resultado, já que ele me falava que tinha certeza que não era câncer. Fui com ele, e foi muito triste, eu falei ao médico que já sabia o resultado, mas meu pai não, ele me olhou com aquela cara assustado, foi difícil. O medico conversou com ele que tinha tratamento, e na opinião dele era cirúrgico, retirar a próstata. Mas meu pai teve que ser encaminhado para uma avaliação em um hospital de outra cidade, para fazer a cirurgia pelo SUS, não tínhamos condições de pagar e ele precisaria de um acompanhamento pós-cirurgia. Ele não queria fazer a cirurgia, achava que não aguentaria, e o medo também. Foi difícil, mas Deus é tão bom, que a cirurgia dele foi marcada em 1 mês, ele foi aceitando a doença e que a luta era nossa também que ele não estava sozinho. Em 21/08/2008 ele foi operado, foi bem tratado no hospital, conheceu pessoas que estavam na mesma posição e muitos em pior situação que ele. Tudo isso desde o primeiro exame de PSA com o clínico ate a cirurgia foram 1 ano e meio, ele passou pela cirurgia com 69 anos, conseguiu ter o controle urinário depois de 4 meses mais ou menos, pois com a retirada total da próstata teve que refazer a parte urinária. Já fez o primeiro PSA depois da cirurgia estava zerado, em março faz o segundo. Ele não faz uso de medicamento alternativo, mas controle de PSA. Engordou um pouco, as vezes reclama que dói um pouco a barriga, mas pela avaliação do medico está tudo bem.
 
Graças a Deus ele está bem, tem seus altos e baixos, as vezes deprimido, o medo do amanhã, mas para nós tudo isso é uma vitória, a mão de Deus em tudo, porque muitos infelizmente ainda esperam por um exame, imagine se meu pai fizesse a biopsia em 2010 como era para esperar pelo SUS o que seria dele? Por isso agradeço a Deus, e Não desistam, lutem mesmo quando tudo pareça que não vai dar certo, Deus olha por nós.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 254

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 255

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 256