Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Você sabia? câncer de pele também pode atingir as pálpebras

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/04/2018 - Data de atualização: 19/04/2018


Quando você vai à praia ou curtir um dia na piscina, você protege suas pálpebras? Não? Então, fique atento, pois o câncer de pele também surge nessas áreas, mas pouco sabem. Estudos realizados pela Universidade de Liverpool, na Inglaterra, apontam que a região dos olhos é frequentemente ignorada na defesa contra os raios solares, mas até 10% dos tumores acontecem por ali.

A médica dermatologista e cooperada Unimed Vitória, Isabella Redighieri Grando, conta que uma lesão maligna nas pálpebras é muito perigosa, uma vez que a remoção de nódulos malignos dessas áreas exige uma operação delicada, que não raro envolve a reconstrução da pálpebra.

Proteção – Muitas pessoas alegam que não é agradável aplicar protetor em volta dos olhos. Mas, no mercado, já existem produtos próprios para essa área do rosto, que não escorrem e nem irritam os olhos. O protetor solar é indispensável e a exposição solar direta ao sol entre 10 e 15 horas, deve ser evitada. As pessoas contam ainda com um outro poderoso aliado: os óculos escuros. Eles também vão blindar suas pálpebras dos raios ultravioleta (UV).

Mas a médica alerta: "só não adianta ser qualquer modelo. A lente tem que ser certificada pelos órgãos competentes e precisa passar por um tratamento especial. O ideal é conhecer a procedência dos óculos e comprá-los em óticas”, explica. Um chapéu de abas largas ou uma viseira também ajudam que o sol não atinja diretamente as vistas e o rosto todo. Vale lembrar que 90% dos cânceres de pele mais comuns ocorrem entre cabeça e pescoço.

Sinais que podem sugerir um câncer da pálpebra:

  • Feridas que não se cicatrizam, ulceram e que sangram
  • Nódulos ou inflamações tipo terçol/hordéolo, que não melhoram
  • Perda de cílios e inflamação continuada da pálpebra
  • Caroço que aumenta progressivamente de tamanho

Fonte: ES Hoje

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive