Tipos de Câncer

Câncer de Pele Melanoma

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tumores Benignos da Pele

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 14/08/2015 - Data de atualização: 13/05/2020


Muitos tumores benignos podem se desenvolver a partir de diferentes tipos de células da pele.

Tumores benignos que se originam nos melanócitos

Pode se dizer que uma pinta é um tumor benigno da pele que se desenvolve a partir dos melanócitos. Quase todas as pintas são inofensivas, mas alguns tipos podem aumentar o risco de melanoma.

A pinta de Spitz é um tipo de tumor de pele que, às vezes, se parece com o melanoma. É mais comum em crianças e adolescentes, mas também pode ser visto em adultos. Esses tumores são geralmente benignos e não se disseminam. Entretanto, algumas vezes os médicos têm dificuldade para diferenciar uma pinta de Spitz de um melanoma, mesmo quando observadas sob um microscópio. Portanto, por segurança essas pintas são removidas.

Tumores benignos que se originam de outros tipos de células da pele

Os tumores benignos que se desenvolvem a partir de outros tipos de células da pele incluem:

  • Queratoses seborreicas. Pontos salientes marrons, bege ou pretos com superfície áspera.
  • Hemangiomas. Crescimentos benignos dos vasos sanguíneos muitas vezes denominados de manchas de cereja, morango ou vinho.
  • Lipomas. Tumores benignos das células de gordura.
  • Verrugas. Crescimentos de superfície áspera causados por alguns tipos do vírus do papiloma humano (HPV).

A maioria desses tumores raramente se transforma em câncer. Existem, ainda, outros tipos de tumores benignos na pele, mas são raros.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 14/08/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive