Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tratamento dos Sintomas: Dicas para a Alimentação de Pacientes com Câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 13/08/2018 - Data de atualização: 13/08/2018


Quando os efeitos colaterais do câncer e de seus tratamentos afetam a alimentação, algumas modificações podem ser consideradas para ajudar o paciente a obter os nutrientes necessários para se manter saudável. É importante que as refeições sejam planejadas de modo a satisfazer as necessidades nutricionais do paciente assim como suas preferências alimentares, com a ingestão de alimentos ricos em calorias, proteínas, vitaminas e minerais.

Anorexia (Perda de apetite)


Dicas para lidar com a perda do apetite:
  • Coma alimentos ricos em proteínas, como feijão, frango, peixe, carne, iogurte e ovos.
  • Adicione proteína e caloria extra aos alimentos: dê preferência ao leite integral.
  • Beba pequenas quantidades de líquidos durante as refeições.
  • Se não conseguir ingerir alimentos sólidos, tome sucos, batidas de frutas ou sopas.
  • Consuma alimentos com cheiros agradáveis.
  • Experimente novos alimentos, arrisque crie receitas.
  • Faça pequenas refeições e lanches saudáveis ​​durante o dia.
  • Deixe as refeições principais para quando você se sentir com fome de verdade.
  • Deixe pequenos lanches prontos para os intervalos entre as refeições.
  • Seja ativo, pratique exercícios físicos sempre que possível.
  • Escove os dentes e enxágue a boca após cada refeição.
  • Informe a seu médico sobre qualquer problema ou alteração na tolerância, quantidade e aceitação da alimentação.

Náuseas

Dicas para controlar as náuseas:
  • Escolha alimentos que você goste. Não se force a comer um alimento se você não sentir vontade.
  • Coma alimentos macios e fáceis de digerir, evite comidas pesadas.
  • Coma alimentos secos, como biscoitos, pães ou torradas durante o dia.
  • Coma alimentos de fácil digestão, como iogurte sem sabor e caldos ralos.
  • Coma torradas ou bolachas no café da manhã.
  • Não coma nem beba nada muito quente nem muito frio! Dê preferência a alimentos na temperatura ambiente.
  • Beba pequenas quantidades de líquidos ao longo do dia, evitando ingerir grandes quantidades de uma vez só.
  • Evite alimentos ou bebidas com cheiro forte, como chá preto e café.
  • Faça 5 ou 6 pequenas refeições durante o dia.
  • Beba pequenas quantidades de líquidos durante as refeições.
  • Não pule refeições e lanches. Um estômago vazio pode piorar as náuseas.
  • Enxágue a boca antes e depois de comer.
  • Evite comer na cozinha ou em ambientes abafados ou com cheiros fortes.
  • Mantenha um registro de tudo que você come e seus horários. Se tiver náuseas ou se sentir mal, anote também, até você descobrir os alimentos que não lhe fazem bem.
  • Fale com seu médico sobre o uso de medicamentos contra náuseas e vômitos.

Vômitos


Dicas para controlar os vômitos:
  • Não coma ou beba nada até os vômitos pararem.
  • Beba pequenas quantidades de líquidos claros quando parar de vomitar.
  • Após um tempo sem vomitar, experimente tomar sopas ou líquidos mais espessos.
  • Faça 5 ou 6 pequenas refeições diariamente. Evite grandes refeições.
  • Peça ao seu médico medicamentos para prevenir ou controlar as náuseas e vômitos.

Boca Seca


Dicas para ajudar os pacientes que sofrem com boca seca:
  • Coma alimentos fáceis de engolir.
  • Dê preferência a alimentos úmidos ou com molho.
  • Beba limonada, que aumenta a produção de saliva.
  • Masque chiclete ou coma gelo.
  • Beba água durante o dia.
  • Evite qualquer tipo de bebida alcoólica.
  • Evite alimentos picantes, azedos, salgados, duros ou crocantes.
  • Mantenha seus lábios hidratados.
  • Enxague a boca a cada 1h a 2h, dando preferência a antissépticos bucais sem álcool.
  • Não fume e evite o fumo passivo.

Aftas e feridas na boca


Dicas para pacientes que sofrem com aftas e feridas na boca:
  • Dê preferência a alimentos macios, fáceis de mastigar, como ovos mexidos ou cremes de legumes.
  • Cozinhe os alimentos até ficarem bem macios.
  • Corte os alimentos em pequenos pedaços.
  • Mastigue gelo para aliviar a dor na boca.
  • Coma alimentos frios ou à temperatura ambiente. Alimentos quentes podem piorar as feridas e aftas.
  • Use canudinho.
  • Use talheres pequenos, diminuindo assim a porção que você ingere a cada vez.
  • Evite alimentos cítricos (como laranjas, limões e limas), alimentos picantes, tomates e ketchup, alimentos salgados, vegetais crus, alimentos crocantes e bebidas a base de álcool.
  • Não fume nem use produtos com tabaco.
  • Vá ao dentista antes de começar tratamentos como imunoterapia, quimioterapia ou radioterapia na região da cabeça e pescoço.
  • Verifique a boca todos os dias para verificar o aparecimento de feridas, manchas brancas ou áreas inchadas e vermelhas.
  • Enxágue a boca 3 a 4 vezes por dia. Não use antissépticos bucais com álcool.
  • Não use palitos de dente ou outros objetos afiados.

Alteração no Paladar


Dicas para ajudar os pacientes com alterações no paladar:
  • Coma aves, peixes, ovos e queijos em vez de carne vermelha.
  • Adicione temperos e molhos aos alimentos.
  • Coma alimentos salgados com acompanhamentos doces. Carne com molho de maçã por exemplo.
  • Use gotas de limão ou coma uma bala refrescante se tiver no caso de gosto metálico na boca.
  • Use utensílios de plástico e evite recipientes e talheres de metal.
  • Só experimente novos alimentos quando estiver se sentindo bem.
  • Procure opções vegetarianas, sem carne.
  • Mastigue os alimentos por mais tempo para permitir um maior contato com as papilas gustativas, se os gostos dos alimentos forem maçantes.
  • Mantenha os alimentos e bebidas cobertos, use canudinho, ligue o ventilador ou abra as janelas quando for cozinhar para evitar cheiros fortes que provoquem náuseas e vômitos.
  • Escove os dentes após as refeições e cuide bem da sua boca.

Dor de Garganta e Problemas de Deglutição

Dicas para pacientes com dor de garganta ou problemas de deglutição:
  • Coma alimentos macios, fáceis de mastigar e engolir, como ovos mexidos, aveia ou outros cereais cozidos.
  • Coma alimentos ricos em proteínas e calorias.
  • Evite alimentos secos. Coma alimentos com molhos e caldos.
  • Evite bebidas e alimentos quentes, picantes, ácidos, crocantes ou com álcool.
  • Cozinhe os alimentos até ficarem bem macios.
  • Corte os alimentos em pequenos pedaços.
  • Use canudinho.
  • Faça 5 ou 6 pequenas refeições todos os dias.
  • Não fume ou consuma tabaco.

Intolerância à Lactose

Dicas para pacientes com sintomas de intolerância à lactose:
  • Escolha produtos lácteos sem (ou com baixo teor de) lactose.
  • Experimente produtos a base de soja ou arroz. Coma pequenas porções de queijo e produtos lácteos como leite e iogurte.
  • Coma alimentos ricos em cálcio, como brócolis e verduras.

Ganho de Peso


Dicas para evitar o ganho de peso:
  • Coma muitas frutas e vegetais.
  • Coma alimentos ricos em fibras, como pães integrais, cereais e macarrão com moderação.
  • Coma carnes magras e frango sem pele.
  • Escolha produtos lácteos com baixo teor de gordura.
  • Evite alimentos gordurosos. Diminua a quantidade de manteiga, maionese, doces e frituras.
  • Prefira alimentos grelhados ou assados.
  • Diminua a quantidade de sal nos alimentos.
  • Faça as principais refeições apenas quando estiver realmente com fome.
  • Faça pequenas refeições entre as refeições importantes.
  • Pratique exercícios diariamente.

Fonte: National Cancer Institute (04/01/2018)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive