Tipos de Câncer

Câncer de Pele Basocelular e Espinocelular

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tratamento da Queratose Actínica e Doença de Bowen

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/09/2015 - Data de atualização: 26/03/2019


Queratose actínica

A queratose actínica deve ser tratada pelo seu potencial de se transformar em carcinoma espinocelular. Mas como este risco é baixo, os tratamentos são geralmente realizados para evitar maiores cicatrizes ou marcas que possam causar alterações estéticas.

A queratose actínica é tratada com criocirurgia ou cremes, como fluorouracil tópico (5-FU), imiquimod, diclofenaco ou ingenol mebutate. Estes tratamentos têm o objetivo de destruir a área afetada da epiderme, a camada mais externa da pele.

Outras terapias locais, como excisão tipo shaving, eletrodissecação e curetagem, terapia fotodinâmica, cirurgia a laser e peeling químico, também são tratamentos utilizados.

Doença de Bowen

A doença de Bowen ou carcinoma espinocelular in situ é geralmente tratada por excisão. Outras opções são a eletrocoagulação e curetagem, radioterapia, quimioterapia tópica e criocirurgia. A cirurgia a laser e a terapia tópica podem ser consideradas em situações especiais.

Fonte: American Cancer Society (10/05/2016)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive