Tipos de Câncer

Leucemia Linfoide Crônica (LLC)

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tratamento da Leucemia Linfoide Crônica de Células Pilosas

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/07/2015 - Data de atualização: 20/08/2018


A tricoleucemia tende a ser de crescimento lento. Os pacientes sem sintomas muitas vezes não precisam ser tratados imediatamente, mas devem fazer exames regulares de acompanhamento para verificar se existe progressão da doença ou aparecimento de sintomas. Alguns pacientes com leucemia linfoide crônica de células pilosas vivem por muitos anos sem quaisquer sintomas ou tratamento.

O tratamento pode ser indicado para os pacientes com baixos níveis de células sanguíneas, infecções recorrentes ou com aumento do baço ou gânglios linfáticos. O tratamento é com um dos medicamentos análogos de purina, a cladribina (2-CdA) ou a pentostatina. A maioria dos pacientes respondem a esses medicamentos por mais de 5 anos.

Se a leucemia recidiva, deverá ser tratada novamente com um análogo de purina. Muitas vezes, a mesma droga será utilizada, principalmente se a doença esteve em remissão por um longo período de tempo. Às vezes, o anticorpo monoclonal com rituximab é administrado junto com a quimioterapia.

Em casos raros, a leucemia linfoide crônica de células pilosas pode não responder à quimioterapia. O rituximab ou interferon alfa, um tipo de tratamento biológico, pode ser útil. Se um paciente está desconfortável devido ao aumento do baço, a esplenectomia muitas vezes pode aliviar a dor ou outros sintomas.

Fonte: American Cancer Society (10/05/2018)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive