Tipos de Câncer

Câncer de Glândula Suprarrenal

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Cirurgia para Câncer de Glândula Suprarrenal

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 10/05/2013 - Data de atualização: 26/01/2017


A cirurgia para remover a glândula suprarrenal é denominada adrenalectomia. Existem duas abordagens principais para a remoção da glândula suprarrenal. Uma maneira é a retirada da glândula através de uma incisão nas costas, logo abaixo das costelas. Essa técnica é ideal para pequenos tumores. Para muitos tumores suprarrenais, a incisão é feita na parte anterior do abdome, o que permite ao cirurgião ver o tumor de forma mais clara e se está disseminado. Essa técnica também proporciona mais espaço para a retirada de tumores grandes, que disseminaram para tecidos e órgãos próximos. Se o tumor invadiu o rim, todo o órgão ou parte dele também devem ser retirados. Se a doença invadiu músculos ou gordura estes tecidos também serão removidos.

Às vezes, o tumor se invade a veia cava inferior, a grande veia que leva o sangue do corpo para o coração. A retirada completa desse tumor requer uma cirurgia extensa para preservar a veia cava.

Também é possível retirar pequenos tumores suprarrenais através de um laparoscópio. O laparoscópio é um tubo fino e flexível, com uma pequena câmara na extremidade, que é inserido no paciente através de uma pequena incisão no abdome. Outros instrumentos inseridos através do tubo ou através de outras incisões muito pequenas são utilizados para retirar a glândula suprarrenal. A principal vantagem deste método é que, como as incisões são menores, os pacientes se recuperaram da cirurgia mais rapidamente.

Embora a cirurgia laparoscópica seja muitas vezes utilizada para tratar adenomas, não pode ser uma opção para o tratamento de tumores suprarrenais grandes, porque é importante retirar o tumor em uma única peça.

Fonte: American Cancer Society (25/02/2105)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive