Tipos de Câncer

Sarcoma de Kaposi

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Terapia Local para o Sarcoma de Kaposi

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/02/2014 - Data de atualização: 11/02/2017


O tratamento local atinge apenas certas lesões do sarcoma de Kaposi. Este tipo de tratamento é utilizado para tratar lesões da pele confinadas a um só local. A terapia local é mais útil quando existem apenas algumas lesões em uma área muito visível, como a face. As desvantagens da terapia local é não tratar lesões em qualquer lugar e não evitar o desenvolvimento de novas lesões.

Os principais tipos de terapia local utilizados no sarcoma de Kaposi são:

  • Terapia  Retinoide Tópica

Este tipo de tratamento coloca o medicamento diretamente sobre a lesão. Por exemplo, a alitretinoína, uma droga retinoide associada com a vitamina A, disponível na forma de gel, pode ser utilizada para tratar lesões cutâneas do sarcoma de Kaposi. Quando aplicado sobre uma lesão 2 a 4 vezes por dia, reduz seu tamanho ou desaparece em 1 a 2 meses. Os efeitos colaterais incluem irritação da pele e clareamento da pele.

  • Criocirurgia

A criocirurgia pode ser útil para as pequenas lesões na face, embora não seja tão útil para lesões grandes ou mais profundas. O nitrogênio líquido é aplicado ao tumor congelando-o e destruindo as células. Após o degelo da pele morta, ela pode inchar, criar bolhas e crostas. A ferida pode levar várias semanas para cicatrizar, e a pele da área tratada, pode ficar mais clara após o tratamento.

  • Cirurgia

Quando o paciente tem poucas e pequenas lesões do sarcoma de Kaposi, uma opção é a remoção cirúrgica, que pode ser feita de diferentes maneiras:

Excisão Simples. Neste procedimento, a pele é anestesiada com um anestésico local. O tumor é retirado com um bisturi, juntamente com um pouco de tecido normal circundante. A pele restante é cuidadosamente fechada, ficando apenas uma pequena cicatriz.

Curetagem e Eletrodissecação. Este tratamento remove um tumor raspando com uma cureta, em seguida, a área é tratada com uma descarga elétrica para tentar destruir quaisquer células cancerígenas remanescentes.

Uma desvantagem da cirurgia é que a lesão pode recidivar no mesmo local.

  • Quimioterapia Intralesional

Neste tratamento, uma pequena quantidade de um medicamento quimioterápico é injetada diretamente nas lesões do sarcoma de Kaposi. Só uma pequena parte do medicamento é absorvida pelo corpo. Isso evita muitos dos efeitos colaterais normalmente observados com a quimioterapia.

O quimioterápico mais comumente usado na quimioterapia intralesional é a vinblastina. O tetradecil sulfato de sódio também pode ser utilizado. Algumas pessoas podem apresentar inchaço, bolhas e dor no local da injeção.

  • Terapia Fotodinâmica

Este tratamento utiliza um medicamento líquido que é aplicado na pele. A droga age nas células tumorais ao longo de várias horas ou dias, e as torna sensíveis a certos tipos de luz. Uma fonte de luz especial é então focada no tumor, destruindo suas células. Um efeito colateral possível da terapia fotodinâmica é tornar a pele muito sensível à luz solar durante algum tempo, por tanto devem ser tomadas precauções para evitar queimaduras.

  • Radioterapia

A radioterapia também pode ser realizada como um tratamento local para o sarcoma de Kaposi.

Fonte: American Cancer Society (09/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive