Tipos de Câncer

Câncer de Nasofaringe

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Terapia Alvo para Câncer de Nasofaringe

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/04/2013 - Data de atualização: 11/12/2018


As terapias alvo respondem de forma diferente dos quimioterápicos padrão e têm efeitos colaterais diferentes. Esse medicamentos têm demonstrado ser especialmente importantes em doenças, como o câncer de nasofaringe, no qual a quimioterapia não tem se mostrado muito eficaz.

Cetuximab

O cetuximab é um anticorpo monoclonal que tem como alvo receptor o fator de crescimento epidérmico (EGFR), uma proteína de superfície de certas células que a ajuda a crescer e se dividir. As células do câncer de nasofaringe têm muitas vezes quantidades maiores que as normais de EGFR. Ao bloquear o EGFR, o cetuximab pode retardar ou impedir o crescimento celular.

O papel exato do cetuximab no tratamento do câncer de nasofaringe ainda está sendo estudado. Ele é mais frequentemente usado junto com a quimioterapia e/ou radioterapia em casos de recidiva ou quando a doença continua a evoluir após a quimioterapia inicial.

O cetuximab é administrado por infusão intravenosa, normalmente uma vez por semana. Os possíveis efeitos colaterais podem incluir:

  • Problemas na pele.
  • Cefaleia.
  • Cansaço.
  • Febre.
  • Diarreia.
  • Náuseas e vômitos.
  • Perda de peso.

Um efeito colateral raro, mas grave do cetuximab é uma reação alérgica durante a primeira infusão, que pode levar a problemas respiratórios e de pressão arterial. Mas, o paciente receberá medicamentos antes do tratamento para evitar essa reação alérgica.

Para saber mais sobre alguns dos efeitos colaterais listados aqui e como gerenciá-los, consulte nosso conteúdo Efeitos Colaterais do Tratamento.

Fonte: American Cancer Society (24/09/2018)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive