Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Suplementos Alimentares

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 31/03/2013 - Data de atualização: 31/03/2013


As pessoas tomam suplementos alimentares por vários motivos, e com muitas expectativas diferentes. Além de querer melhorar sua nutrição e sensação de bem estar, se você já teve câncer, você pode querer fazer tudo que puder para recuperar sua força durante e após o tratamento, além de tentar reduzir o risco de ter uma recidiva da doença. Muitos pacientes com metástase esperam retardar o avanço da doença ou até mesmo fazer com que a doença regrida.

Alguns suplementos são regulamentados e podem beneficiar a sua saúde em geral. Outros suplementos podem acabar interferindo no tratamento do câncer. Mas o mais importante é saber que nenhum suplemento é capaz de tratar ou curar o câncer.

Vitaminas, minerais, aminoácidos e ervas são considerados suplementos alimentares. Eles são ingeridos por via oral e destinados a complementar a dieta.

Esses suplementos não se encaixam na mesma categoria dos medicamentos, e não estão sujeitos às mesmas regras e testes que os medicamentos.

Sugestões para o uso de Suplementos

Antes de começar a tomar qualquer suplemento, é importante que você converse com seu médico ou nutricionista, principalmente se você estiver fazendo tratamento para o câncer.

Mantenha os seguintes pontos em mente quando estiver decidindo se deve (ou não) iniciar o uso de suplementos. Alguns suplementos alimentares podem interferir no tratamento do câncer e de alguns medicamentos prescritos. Os suplementos nem sempre podem ser administrados ao mesmo tempo em que algumas medicações. Alguns suplementos podem mudar a forma como alguns medicamentos agem no organismo, tornando os tratamentos menos eficazes.

A maioria das indústrias farmacêuticas e produtores de suplementos não realizam pesquisas sobre a interação de suplementos e medicamentos. Por isso, é muito importante que você converse com seu médico antes de decidir tomar qualquer suplemento durante o tratamento.

Os suplementos não são classificados como medicamentos, por isso sua segurança e eficácia nem sempre é comprovada, pois não foram devidamente testados. Ou seja, os suplementos são considerados seguros até que se provem inseguros. Já os medicamentos, por outro lado, devem provar segurança e eficácia antes de serem comercializados.

Essa falta de regulamentação também significa que você não tem nenhuma garantia de que o suplemento que você está comprando tem realmente todos os ingredientes e vitaminas que são mencionados no rótulo.

Antes de começar a tomar qualquer suplemento, pergunte sempre ao seu médico se você pode fazê-lo e sobre possíveis interações com os medicamentos do seu tratamento.

Outra coisa importante é procurar suplementos de fabricantes confiáveis. Existe um conjunto de normas para os suplementos alimentares, mas os fabricantes de suplementos não são obrigados a cumprir essas normas.

Só porque é natural não significa que o suplemento é seguro

Muitas pessoas acreditam que qualquer alimento ou suplemento natural, não processado, seja melhor ou mais seguro do que algo refinado ou fabricado. Isso não é necessariamente verdade, pois algumas das substâncias mais tóxicas do mundo ocorrem naturalmente. Cogumelos venenosos, carvalho venenoso e hera venenosa são completamente naturais e extremamente tóxicos para as pessoas.

Perguntas importantes a se fazer sobre os suplementos:

  • Será que vai trazer benefícios para a minha saúde?
  • É seguro?
  • Será que vai interagir com outros medicamentos e tratamentos que estou recebendo?
  • Será que ele tem doses consistentes e precisas?
  • É livre de contaminantes?

Você deve ser capaz de obter quase todos os nutrientes de que precisa a partir dos alimentos que você come, principalmente frutas e legumes. Seu médico ou nutricionista pode recomendar que você tome um suplemento ou multivitamínico específico se achar que você precisa de uma quantidade extra de determinado nutriente.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2018 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive