Tipos de Câncer

Câncer de Sítio Primário Desconhecido


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sobre o Câncer de Sítio Primário Desconhecido

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/04/2015 - Data de atualização: 09/10/2017


O câncer pode disseminar-se a partir do local onde se inicia para outras partes do corpo. Os tumores têm sempre o nome do órgão ou local de origem, independentemente para que local do corpo que se espalharam. Por exemplo, um tumor de pulmão que se espalha para o fígado é classificado como câncer de pulmão, e não como câncer de fígado.

Às vezes não está claro o local onde determinado câncer se originou. Quando o tumor é detectado como uma ou mais metástases, mas o local primário não pode ser determinado, ele é denominado câncer de sítio primário desconhecido. Isto ocorre em uma pequena fração de cânceres.

Eventualmente alguns exames podem localizar o local do tumor primário. Quando isso acontece, eles não são mais considerados primários desconhecidos e são renomeados e tratados de acordo com o tipo de câncer de origem.

Por exemplo, uma pessoa tem um linfonodo aumentado no pescoço, quando ele é retirado e analisado, não se assemelha aos cânceres que normalmente começam nos gânglios linfáticos. Ele deveria ser considerado um câncer de sítio primário desconhecido. Entretanto, a análise sugere que esse tumor se iniciou na boca, garganta ou laringe. Quando esta área é examinada, encontra-se um pequeno câncer de laringe. A partir daí, que deixa de ser primário desconhecido e o paciente vai receber o tratamento para câncer de laringe.

Em muitos casos, a origem do tumor não é determinada. Mesmo com uma pesquisa completa não é possível identificar o local de início. Muitas vezes quando os médicos fazem autópsias em pacientes que morreram de câncer com sítio primário desconhecido, não encontram o local onde a doença começou.

Quando um tumor é encontrado, é natural querer saber a origem. Mas a principal razão para saber o local do tumor primário é para orientar o tratamento. Isto é especialmente importante para determinados tipos de câncer que respondem bem à quimioterapia ou medicamentos hormonais específicos.

No entanto, mesmo se o local primário não é conhecido, ainda assim, o tratamento pode ser benéfico.

Fonte: American Cancer Society (27/01/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive