Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Síndrome da Veia Cava Superior

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2013 - Data de atualização: 24/03/2013


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

Síndrome da veia cava superior é um grupo de sintomas causados pelo bloqueio parcial da veia cava superior, uma veia grande que transporta o sangue da cabeça, pescoço, peito e braços para o coração. Na maioria dos casos, a síndrome é causada pelo câncer.

Causas

A veia cava superior, que drena para o átrio direito do coração, pode ser comprimida quando um tumor cresce dentro do tórax. Os tipos de câncer que podem causar a síndrome são o de pulmão e o linfoma Não-Hodgkin, além das metástases. Às vezes, um tumor que inicialmente se desenvolveu fora da veia cava superior pode invadi-la causando uma obstrução. Como a veia cava superior situa-se perto de uma série de gânglios linfáticos, qualquer tipo de câncer que se dissemina para os linfonodos, aumentando seu tamanho, também pode causar a síndrome. Os gânglios linfáticos aumentados comprimem a veia, retardando o fluxo do sangue e resultando no bloqueio total da veia. Uma causa menos comum da síndrome é a trombose na veia causada por um cateter intravenoso.

Sintomas

Os sintomas da síndrome, normalmente, se desenvolvem lentamente e incluem dificuldade para respirar ou falta de ar, tosse e inchaço da face, pescoço, tronco, braços e dor no peito.

Em casos graves, a pele pode ficar escura (azulada) devido à cianose. A síndrome da veia cava superior pode evoluir rapidamente bloqueando completamente a traqueia o que necessita de ações imediatas. Comumente, se o bloqueio se desenvolve lentamente, outras veias podem ajudar a circular o sangue, com isso os sintomas podem tornar-se menos intensos.

Diagnóstico e Tratamento

Os sinais da síndrome da veia cava superior podem ser vistos numa radiografia de tórax, tomografia computadorizada ou ressonância magnética. No entanto, estes exames não diagnosticam a síndrome. Se os sintomas forem leves, a traquéia não é bloqueada, e há um fluxo sanguíneo bom pelas veias colaterais do tórax, assim o início do tratamento pode aguardar até que se tenha um diagnóstico claro. Na maioria dos casos, a síndrome da veia cava é manejada com o tratamento do próprio câncer. Outros tratamentos, a curto prazo, para reduzir os sintomas incluem a elevação da cabeça do paciente, administração de corticosteróides para reduzir o inchaço ou utilização de diuréticos para eliminar o excesso de líquido do corpo. Menos frequentemente, a síndrome da veia cava pode ser tratada com dissolução do coágulo, colocação de stent ou cirurgia.

Considerações

Como a síndrome da veia cava pode causar problemas respiratórios graves, é considerada uma emergência. Embora a síndrome seja grave e seus sintomas assustadores, a mesma pode ser tratada com sucesso na maioria dos pacientes.

Sindrome da Veia Cava Superior em Crianças
 
A síndrome da veia cava superior pode ser fatal em crianças. A traquéia da criança é menor e mais frágil que no adulto, podendo rapidamente inchar ou ser contraída, levando a problemas respiratórios. Os sintomas mais comuns da síndrome em crianças são semelhantes aos dos adultos e podem incluir tosse, rouquidão, dificuldade respiratória e dor torácica. Felizmente, a síndrome da veia cava superior é rara em crianças.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive