Tipos de Câncer

Câncer de Pele Melanoma

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sinais e Sintomas do Câncer de Pele Melanoma

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/08/2015 - Data de atualização: 21/05/2019


Uma alteração na pele é muitas vezes o primeiro sinal de alerta do melanoma. No entanto, só pode ser confirmado por um médico. Muitas vezes, um diagnóstico preciso só pode ser feito após a retirada da lesão e do exame histopatológico.

Pintas normais

Uma pinta normal é geralmente uniformemente colorida, como pontos marrom ou preto na pele. Ela pode ser plana ou elevada, redonda ou oval. As pintas têm geralmente menos de 6 mm de diâmetro. Algumas pintas podem ser de nascença, mas a maioria aparecem durante a infância ou na adolescência. Novas pintas que aparecem na vida adulta devem ser examinadas por um médico.

Uma pinta, após se desenvolver, permanece, normalmente, do mesmo tamanho, forma e cor durante anos. Algumas pintas podem eventualmente desaparecer.

A maioria das pessoas têm pintas, e quase todas são inofensivas. Mas, é importante reconhecer qualquer alteração numa pinta, como seu tamanho, forma ou cor, que possam sugerir que um melanoma pode estar se desenvolvendo.

Possíveis sinais e sintomas

Muitas vezes, o primeiro sinal de melanoma é uma mudança no tamanho, forma ou cor de uma mancha já existente. A regra ABCDE pode ser usada para lembrar o que deve ser procurado:

  • Assimetria. A forma de metade da mancha não coincide com a outra metade.
  • Borda. As bordas são irregulares, entalhadas ou dentadas.
  • Cor. É muitas vezes desigual. Tons de preto, marrom e canela podem estar presentes. Áreas brancas, cinza, vermelha ou azul também podem ser vistas.
  • Diâmetro. O diâmetro maior que 6 mm.
  • Evolução. A pinta vem mudando de tamanho, forma, cor ou aparência.

Outros sinais de alerta são:

  • Uma ferida que não cicatriza.
  • Expansão do pigmento de uma mancha na pele.
  • Vermelhidão ou inchaço.
  • Coceira, sensibilidade ou dor.
  • Mudança na superfície da pinta.

Alguns melanomas não se enquadram nas regras acima descritas, por isso é importante informar ao médico quaisquer alterações em lesões de pele ou novas lesões de aparência diferente do restante das pintas existentes.

Fonte: American Cancer Society (20/05/2016)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive