Tipos de Câncer

Leucemia Linfoide Aguda (LLA)

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sinais e Sintomas da Leucemia Linfóide Aguda (LLA)

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 03/07/2015 - Data de atualização: 20/12/2018


A leucemia linfoide aguda pode causar diferentes sinais e sintomas. A maioria ocorre em todos os tipos de leucemia linfoide aguda, mas alguns são mais comuns em determinados subtipos da doença.

Problemas causados pela diminuição das células sanguíneas

A maioria dos sinais e sintomas da leucemia linfoide aguda resulta da falta de células sanguíneas normais, que ocorrem quando as células de leucemia assumem o lugar das células normais na medula óssea. Esta escassez é detectada nos exames de sangue e pode causar sintomas, como:

  • Sensação de cansaço.
  • Sensação de fraqueza.
  • Sensação de tonturas ou vertigens.
  • Falta de ar.
  • Febre.
  • Infecções graves ou frequentes.
  • Hematomas ou hemorragias.

Sinais e sintomas gerais

Os pacientes com leucemia linfoide aguda também podem apresentar vários sintomas inespecíficos, como:

  • Perda de peso.
  • Febre.
  • Sudorese noturna.
  • Perda de apetite.

Naturalmente, estes não são apenas sintomas da leucemia linfoide aguda, e são mais frequentemente causados por outras doenças.

Inchaço no abdome

As células leucêmicas podem se acumular no fígado e no baço provocando um aumento desses órgãos. Isso pode provocar uma sensação de saciedade após uma pequena refeição.

Aumento dos linfonodos

A disseminação da leucemia linfoide aguda para os gânglios linfáticos próximos da superfície do corpo, como, por exemplo, na região do pescoço, virilha ou axilas, pode ser notada como nódulos sob a pele. Os gânglios linfáticos do tórax ou abdome também podem aumentar de tamanho, mas, estes só podem ser diagnosticados por exames de imagem, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

Dor óssea ou articular

Às vezes, as células leucêmicas crescem perto da superfície do osso ou no interior dos ossos das articulações provocando dores ósseas ou articulares.

Disseminação para outros órgãos

Menos frequentemente, a leucemia linfoide aguda se dissemina para outros órgãos:

  • Se a leucemia linfoide aguda se disseminar para a medula espinhal e cérebro pode causar dores de cabeça, convulsões, vômitos, problemas de equilíbrio, dormência facial, ou visão turva.
  • A leucemia linfoide aguda pode se disseminar para a cavidade torácica, causando acúmulo de líquido na cavidade pleural e dificuldade respiratória.
  • Raramente, a leucemia linfoide aguda se dissemina para a pele, olhos, testículos ou rins.

Sintomas do aumento do timo

A leucemia linfoide aguda T pode atingir o timo, um pequeno órgão localizado na parte anterior do tórax, pressionando a traqueia, causando tosse ou dificuldade respiratória.

O aumento do timo pode também comprimir a veia cava superior (veia que leva o sangue da cabeça e braços de volta ao coração) provocando o retorno do sangue para as veias, alteração que é conhecida como síndrome de veia cava superior. Isto pode causar inchaço na face, pescoço, braços e parte superior do tórax, dores de cabeça, tontura, e perda de consciência se afeta o fluxo ao cérebro.

Fonte: American Cancer Society (17/10/2018)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive