Tipos de Câncer

Leucemia em Crianças

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sinais e Sintomas da Leucemia em Crianças

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 17/08/2013 - Data de atualização: 19/05/2017


Muitos destes sintomas podem ser devido a outras patologias, na maioria das vezes. Ainda assim, é importante conversar com o médico do seu filho e comunicar qualquer sintoma, de modo que a causa possa ser diagnosticada e, se necessário iniciado o tratamento.

Os sintomas da leucemia em crianças são provocados pela diminuição dos glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. Essa diminuição é observada nos exames de sangue, mas também pode provocar sintomas. As células leucêmicas podem invadir outras áreas do corpo, levando a alguns sinais e sintomas.

Os principais sinais e sintomas da leucemia são:

  • Sintomas devido à diminuição dos Glóbulos Vermelhos (Anemia). A escassez de glóbulos vermelhos pode provocar fadiga, fraqueza, sensação de frio, tontura, dores de cabeça, falta de ar e palidez.

  • Sintomas devido à diminuição dos Glóbulos Brancos. Infecções e febre.

  • Sintomas devido à diminuição das Plaquetas. A escassez de plaquetas pode levar a hematomas, hemorragias e sangramento nas gengivas.

  • Dor nos Ossos ou nas Articulações. Isso pode ser provocado pelo acúmulo de células leucêmicas próximas da superfície do osso ou das articulações.

  • Inchaço do Abdome. As células leucêmicas podem se acumular no fígado e baço aumentando seu tamanho. Isso pode ser notado como um inchaço na barriga. As costelas inferiores costumam cobrir estes órgãos, mas quando eles estão aumentados o médico pode ao examinar o abdome, determinar quanto aumentaram e se existe presença de dor à palpação.

  • Perda de Apetite e Perda de Peso. Se o aumento do baço ou fígado for muito grande, eles podem pressionar outros órgãos como o estômago, limitando a ingestão de alimentos e levando à perda de apetite e de peso ao longo do tempo.

  • Aumento dos Linfonodos. Alguns tipos de leucemia podem se disseminar para os gânglios linfáticos provocando aumento do seu tamanho. Muitas vezes, os linfonodos aumentam de tamanho por estarem lutando contra uma infecção, especialmente em lactentes e crianças. Um gânglio linfático aumentado em uma criança é geralmente um sinal de infeção, mas deve ser examinado e acompanhado por um médico.

  • Tosse ou Dificuldade Respiratória. A leucemia linfoide aguda tipo T, muitas vezes envolve o timo. O aumento do timo ou dos linfonodos do tórax pode pressionar a traqueia, provocando tosse ou dificuldade respiratória.

  • Inchaço do Rosto e Braços. A veia cava superior, que leva o sangue da cabeça e braços de volta ao coração, passa ao lado do timo. Um aumento do timo, devido a excesso de células leucêmicas pode pressionar a veia cava superior, provocando a síndrome da veia cava superior. Isso pode causar inchaço na face, pescoço, braços e parte superior do tórax, dores de cabeça, tonturas e alteração da consciência. A síndrome da veia cava superior deve ser tratada imediatamente.

  • Dor de Cabeça, Convulsões, Vômitos. Algumas crianças podem estar com a leucemia disseminada para o cérebro e medula óssea no momento do diagnóstico. Isso pode provocar sintomas como dores de cabeça, problemas de concentração, fraqueza, convulsões, vômitos, problemas de equilíbrio e visão turva.

  • Erupções Cutâneas, Problemas nas Gengivas. Em crianças com leucemia mieloide aguda, as células leucêmicas podem invadir a gengiva, causando dor, inchaço e sangramento. A disseminação para a pele pode causar pequenas manchas escuras coloridas que podem se assemelhar a erupções cutâneas comuns.

  • Fadiga e Fraqueza. Uma consequência rara, mas severa da leucemia mieloide aguda é cansaço, fraqueza e problemas na fala. Isso pode ocorrer quando um número elevado de células leucêmicas torna o sangue espesso, diminuindo a circulação através dos vasos sanguíneos finos do cérebro.

Entretanto, a maioria destes sintomas podem ser provocados por outras patologias. Converse com o médico de seu filho para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

Fonte: American Cancer Society (03/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive