Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Senado aprova projeto de lei sobre Estatuto da Pessoa com Câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/08/2021 - Data de atualização: 24/08/2021


O plenário do Senado aprovou, nesta quinta-feira (19), o projeto que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer (PL 1605/2019), de autoria do ex-deputado Eduardo Braide. Depois de já ter sido aprovado pelos deputados em junho, o projeto foi reforçado agora pela avaliação positiva também dos senadores. 

Este PL tem como objetivo assegurar aos pacientes com câncer condições oportunas e igualitárias de acesso a tratamentos, além de efetivar as políticas públicas de prevenção e combate ao câncer. Além disso, o texto preconiza a obrigatoriedade do atendimento integral da pessoa com câncer por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

O parecer do projeto foi apresentado pelo senador Carlos Viana (PSD-MG), e o texto sofreu modificações, devendo assim voltar para nova análise na Câmara dos Deputados, conforme preconiza o processo legislativo.

As alterações feitas no texto pelos senadores focam na garantia do acesso a medicamentos mais efetivos, diminuição das desigualdades existentes em relação ao tratamento ofertado no SUS, prioridade ao atendimento da pessoa com câncer na modalidade domiciliar, necessidade de que as decisões sobre o tratamento sejam orientadas pela prevenção de agravamentos e pelo bem-estar físico e social do paciente, garante o direito à educação da pessoa com câncer no âmbito hospitalar ou no domiciliar. 

Ainda, outra alteração feita no projeto pelos senadores, a pedido do senador Paulo Paim (PT-RS), foi a troca no nome do projeto de Estatuto da Pessoa com Câncer para Política Nacional do Câncer, deixando a palavra “estatuto” como um subtítulo. 

O Oncoguia acompanha de perto a construção deste projeto desde sua concepção, já tendo participado de discussões e audiências públicas sobre o tema, proposto melhorias no texto. Viemos nos manifestando a favor da aprovação deste importante marco legal que possibilitará elencar e assegurar de forma integral e conjunta uma série de direitos, deveres e garantias aos pacientes com câncer, que hoje encontram-se dispersas na legislação infraconstitucional. 

Agora, o projeto segue para a etapa final de votação, na Câmara dos Deputados. Vamos acompanhar de perto para que este importante projeto de lei tenha avaliação final positiva pelos deputados e possa ser encaminhado à sanção pela Presidência da República. 

Conteúdo produzido pela equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive