Tipo de Tratamento

Radioterapia

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Radioterapia Intraoperatória

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 01/04/2014 - Data de atualização: 01/04/2014


A radioterapia intraoperatória (RT-IO) é a administração de níveis terapêuticos de radiação diretamente no tumor alvo, enquanto o mesmo está exposto durante a cirurgia, poupando o tecido circundante normal.

O objetivo da RT-IO é melhorar o controle local do tumor e as taxas de sobrevida para pacientes com diferentes tipos de câncer.

Essa modalidade de tratamento permite a utilização de doses eficazes mais elevadas de radiação em comparação com a radioterapia convencional, onde nem sempre é possível a utilização de doses muito elevadas, uma vez que os órgãos sensíveis podem estar próximos. Na RT-IO, ainda existe a possibilidade dos médicos afastarem temporariamente os órgãos vizinhos ou protegê-los da exposição à radiação.

A RT-IO é utilizada para tratar tumores que são difíceis de serem retirados durante a cirurgia, sem a preocupação de que quantidades microscópicas da doença possa permanecer no leito cirúrgico.

A RT-IO pode ser realizada tanto com feixes de elétrons como de raios X. Os atuais aceleradores lineares miniaturizados móveis fornecem uma gama variável de energia de elétrons de 3 a 12 MeV. E os equipamentos de raios X móveis em miniatura emitem radiação de baixa intensidade de no máximo 50 kV. Devido à maior densidade de ionização causada pela radiação dos raios X no tecido mole, a eficácia biológica relativa dos raios X de baixa energia nas células tumorais é maior quando comparado com os raios X de alta energia ou raios gama que são emitidos por aceleradores lineares. A radiação que é produzida por sistemas móveis de radiação tem uma gama limitada. Por esta razão, as paredes convencionais são consideradas suficientes para impedir a difusão da radiação produzida na sala de cirurgia, sem necessidade de medidas adicionais para proteção contra as radiações. Isso faz com que a RT-IO se torne acessível para mais hospitais

Essa técnica de tratamento foi considerada útil e viável no tratamento multidisciplinar de muitos tipos de tumores sólidos, mas ainda são necessários mais estudos para determinar o benefício de forma mais precisa.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive