Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Radiação solar no couro cabeludo pode causar câncer ou perda de cabelo

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/01/2019 - Data de atualização: 18/01/2019


O couro cabeludo muitas vezes é uma área negligenciada em nosso corpo. Na maioria das vezes, só nos preocupamos com ele quando aparece alguma ferida. Neste período de praia, piscina e intensa exposição ao sol, é preciso tomar alguns cuidados com esta região.

— Essa área é mais sensível e, por isso, precisamos do cabelo para protegê-la — diz Tatiana Gabbi, Assessora do Departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).


Quem tem pouco cabelo ou é careca precisa tomar ainda mais cuidado com o couro cabeludo, já que a região fica mais exposta às radiações ultravioleta A e B.

— As pessoas que tem pouco ou nenhum cabelo nessa área correm mais risco de desenvolver um câncer de pele nesta região. Então, quem é calvo ou careca deve proteger o couro cabeludo da mesma maneira que protege todo o resto do corpo — recomenda Márcio Crisóstomo, cirurgião plástico especializado em transplante capilar.

E mesmo quem tem cabelo deve se preocupar em proteger o couro cabeludo. Caso contrário, pode acelerar processo de queda de cabelo.

— A alopecia senescente é a perda de cabelo que acontece com o passar dos anos e uma das causas que adiantar este problema é a exposição ao sol — alerta Tatiana.

Para evitar queimaduras e desenvolvimento de feridas e outras doenças, é preciso tomar alguns cuidados com o couro cabeludo antes e depois de ir à praia ou à piscina (confira no infográfico ao lado).

É comum, quando ficamos expostos sem proteger nossa cabeça, que a região fique avermelhada. Caso a queimadura apresente uma ardência que incomode demais o paciente, é preciso procurar ajuda médica para solucionar o problema.

Como não se queimar

Protetor solar

Do mesmo jeito que o protetor solar deve ser usado no corpo, ele deve ser passado no couro cabeludo. Os carecas devem passar em toda a região, enquanto quem tem cabelo deve proteger as áreas que ficam expostas. O protetor deve ter, pelo menos, 50 de Fator de Proteção Solar (FPS)

Bloqueio físico

Recomenda-se usar bonés e chapéus para proteger a área. Não há problema se o cabelo ou a cabeça estiver molhada. Dê preferência aos acessórios que contenham proteção contra os raios ultravioletas

Barracas

Caso você não tenha chapéu ou boné ou queira aumentar a proteção, fique debaixo da barraca na praia ou na piscina

Lave os fios

Assim que sair da praia ou da piscina, lave os cabelos. A água salgada e o cloro da piscina agridem os fios e o couro cabeludo

Hidrate a área

Se você perceber que a região do couro cabeludo está avermelhada, hidrate a área borrifando água termal

Fonte: Extra

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive