Câncer de Mama Avançado

Diferentes tipos de câncer de mama e seus tratamentos


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Quimioterapia para Câncer de Mama Avançado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/09/2014 - Data de atualização: 05/02/2018


Quimioterapia é a designação de drogas que matam células tumorais através de sua toxicidade. Em princípio, quimioterapia mata todas as células que se dividem rápido. Como tumores podem se dividir rápido, quimioterápicos acabam matando células tumorais. Por outro lado, como outras células também se dividem rápido (cabelo, unhas, células da defesa do organismo, mucosa), quimioterápicos acabam tendo toxicidade sobre outros tecidos. A quimioterapia pode ser administrada por via oral ou intravenosa e, geralmente é dada em ciclos, com cada período de tratamento seguido por um período de descanso, para permitir que o corpo possa se recuperar. Cada ciclo de quimioterapia dura em geral algumas semanas. O tratamento geralmente não requer internação hospitalar, sendo frequentemente administrado em regime ambulatorial.

No câncer de mama avançado, a quimioterapia é geralmente o tratamento administrado às pacientes com:
 

  • Receptor de hormônio negativo.
  • Receptor de hormônio positivo, que não responde mais à hormonioterapia.
  • HER2+ em combinação com tratamentos anti-HER2 ou após a falha deste.


Uma vantagem da quimioterapia é o tempo de resposta. A quimioterapia reduz tumores mais rápido do que a hormonioterapia. No entanto, a quimioterapia destrói tanto as células cancerosas como as células saudáveis. A quimioterapia também pode ser combinada com outras terapias para potencializar sua eficácia.

O objetivo do tratamento quimioterápico é retardar o crescimento das células tumorais. Se o tumor começar a crescer novamente, o que muitas vezes acontece ao longo do tempo, o médico pode prescrever outro esquema de tratamento.

Assim como acontece com as terapias hormonais, se a paciente não responder ao primeiro quimioterápico ou combinação de medicamentos utilizados e a doença continua evoluindo, uma segunda ou terceira droga pode ser administrada. Entretanto, a cada novo medicamento é menos provável que o tumor reduza de tamanho. Se o tumor diminuir, muitas vezes o faz por um curto período de tempo com cada nova droga. Não é incomum as pacientes fazerem vários esquemas de quimioterapia (geralmente quatro ou mais) durante o tratamento para o câncer de mama metastático.

Muitos dos medicamentos utilizados para tratar o câncer de mama inicial e localmente avançado são diferentes do que os usados para tratar o câncer de mama avançado.

Medicamentos Quimioterápicos para Câncer de Mama Avançado

 

 

Medicamento

Abreviação

Capecitabina

 

Carboplatina

 

Cisplatina

 

Ciclofosfamida

C

Docetaxel

T

Doxorrubicina

A

Epirubicina

E

Eribulina

 

5-Fluorouracil

5FU ou F

Gemcitabina

 

Ixabepilona

 

Doxorrubicina lipossomal

 

Paclitaxel

T

Paclitaxel, ligação de albumina

 

Vinorelbine

 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive