Tipos de Câncer

Câncer em Adolescentes

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Questões Especiais para Câncer em Adolescentes

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 02/09/2017 - Data de atualização: 02/09/2017


Os adolescentes com câncer e seus familiares enfrentam diversos desafios desde o diagnóstico, durante e após o tratamento:

Atrasos no Diagnóstico

Conforme mencionado em seções anteriores os cânceres em adolescentes e adultos jovens são frequentemente diagnosticados mais tardiamente do que em outros grupos etários. Às vezes, isso pode prejudicar o tratamento, pois dependendo do tempo, a doença pode ter se disseminado para outros órgãos.

Problemas de Tratamento

As pessoas nessa faixa etária às vezes podem ter receio de consultar oncologistas pediátricos ou oncologistas que tratam principalmente adultos mais velhos. Nem todos os médicos estão familiarizados com o tratamento do câncer nos adolescentes e adultos jovens, que muitas vezes podem ter características raras. A comunicação entre pacientes e seus médicos também pode ser um problema, já que muitos oncologistas se sentem mais confortáveis lidando com outras faixas etárias.

Independentemente de onde eles são tratados, os adolescentes e adultos jovens podem se sentir isolados e fora do lugar. A maioria dos pacientes em consultórios médicos ou hospitais de câncer são adultos mais velhos ou crianças, de modo que os adolescentes não são susceptíveis de encontrarem jovens da sua faixa etária lidando com problemas similares aos seus. É importante que as pessoas se conectem com outras pessoas que entendam o que está acontecendo com elas e possam se relacionar com elas no seu nível. Hoje existem muitos grupos de apoio, tanto presencial como online, para adolescentes e jovens adultos com câncer que estão procurando se conectar com outras pessoas em situações semelhantes.

Questões Sociais e Emocionais

Alguns dos maiores desafios enfrentados pelos adolescentes com câncer é o fato de que isso tende a ser um momento de grande mudança em suas vidas. Neste momento, os adolescentes geralmente estão estabelecendo suas próprias identidades e desenvolvendo sua independência social, emocional e financeira. E o diagnóstico de câncer pode provocar uma grande desordem em suas vidas...

Durante o tratamento, os pacientes e seus familiares tendem a se concentrarem nos aspectos diários para superar e vencer a doença. Mas uma série de preocupações emocionais podem surgir durante e após o tratamento. Alguns destes podem durar muito tempo, podendo incluir:

  • Mudanças físicas, como perda de cabelo, ganho de peso, cicatrizes cirúrgicas, devido à doença e/ou seu tratamento.
  • Preocupação com a recidiva ou o desenvolvimento de novos problemas de saúde.
  • Ressentimento com a doença e o fato de ter que passar pelo tratamento.
  • Tornar-se mais dependente dos pais no momento em que estava se tornando cada vez mais independente.
  • Ter dúvidas sobre o que dizer aos outros ou ser tratado de forma diferente ou discriminado (pelos amigos, colegas de classe, colegas de trabalho, empregadores, entre outros).
  • Ter dúvidas sobre relacionamentos (namoro, casamento, filhos).

Ninguém escolhe ter câncer, mas para muitos ex-pacientes, a experiência pode, eventualmente,  ser positiva, permitindo uma definição mais clara das prioridades e ajudando a estabelecer autovalores sólidos. Outros podem ter mais dificuldade na recuperação e na adaptação à vida após o câncer.

É normal ter um pouco de ansiedade ou outras reações emocionais após o tratamento, mas se sentir muito preocupado, deprimido ou com raiva pode afetar pontos importantes do crescimento de um jovem.

Embora o impacto psicológico da doença em crianças e adolescentes seja óbvio, os adultos também enfrentam muitos desses mesmos desafios. Eles também devem ser incentivados a realizarem terapias ocupacionais e a fazerem acompanhamento psicológico.

Fonte: American Cancer Society (20/09/2016)

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive