Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Quem pode desenvolver o linfedema?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 21/08/2015 - Data de atualização: 21/08/2015


Os pesquisadores ainda não sabem exatamente porque alguns pacientes são mais propensos a ter problemas com o acúmulo de líquido do que outros. Pacientes que tiveram muitos linfonodos removidos e/ou receberam radioterapia têm um risco maior de linfedema crônico, mas não há como prever quem irá desenvolvê-lo.

O linfedema pode se tornar um problema após a cirurgia ou radioterapia para qualquer tipo de câncer. Porém, está mais relacionado com o tratamento para câncer de:

  • Mama.
  • Próstata.
  • Câncer na região pélvica, como câncer de bexiga, testículo, vagina e de colo de útero.
  • Linfoma.
  • Melanoma.

O linfedema é mais frequente nos braços ou pernas, mas pode acontecer em outras partes do corpo. Se ele ocorrer após o tratamento do câncer de mama, pode afetar o tórax e axilas, bem como o braço do lado da mama afetada. Após o tratamento de câncer na região abdominal ou pelve o linfedema pode aparecer como inchaço do abdome, órgãos genitais ou em uma ou ambas as pernas. O tratamento de tumores na região da cabeça e pescoço tem sido associado com linfedema na face, boca, olhos e pescoço.

Fonte: American Cancer Society (05/04/2013)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive