top
Profissionais

Colunistas


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Proteção Solar

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/10/2015 - Data de atualização: 04/02/2016


Proteção solar ou fotoproteção é um conjunto de medidas usadas para diminuir a exposição solar e prevenir os danos relacionados ao sol, como o câncer de pele e o envelhecimento precoce. Ela é composta por fatores que interferem na transmissão da radiação solar à pele humana. São consideradas medidas fotoprotetoras efetivas: uso de roupas e acessórios, proteção pela sombra, sombrinhas e guarda-sol, uso de óculos escuros adequados e os filtros químicos e físicos presentes nos protetores solares.

As roupas são uma boa estratégia de proteção, sendo que os tecido com a trama apertada, de cor escura e feita de alguns tecidos sintéticos conferem uma melhor proteção. Roupas muito justas e molhadas perdem um pouco da eficácia de sua proteção. O uso de roupa fotoprotetoras é eficiente, duradoura e de baixo custo.

Os chapéus são outra ótima medida de proteção, os de formato circular com a aba grande protegem melhor a face e o pescoço. O ideal é que a face, o pescoço e as orelhas estejam bem protegidas. O uso de chapéu deve ser estimulado principalmente em indivíduos calvos.

A exposição do olho a radiação solar de forma intensa e continuada sem a devida proteção pode levar a doenças nos olhos, como degeneração da retina e catarata, por isso a importância do uso de óculos escuros com lentes de proteção ultravioleta. Para uma proteção adequada os óculos devem absorver de 99 a 100% de todo espectro ulltavioleta.

As sombras naturais (arvores) e artificiais (guarda-sol e sombrinha) são métodos de proteção ao sol simples e eficazes.

O vidro é uma outra medida protetora. O vidro comum, por definição é capaz de bloquear totalmente a radiação ultravioleta B, podendo transmitir até 72% da radiação ultravioleta A. A aplicação de laminação, filmes plásticos e tonalizantes nos vidros aumentam esta proteção.

Os protetores solar são preparações cosméticas na forma de cremes, loções ou géis que quando aplicados na pele diminuem as agressões dos raios solares. Dependendo da cor da pele o fator de proteção solar (FPS) vai ser escolhido, indivíduos de pele clara, olhos claros, cabelos ruivos ou sardas vão precisar de um fator de proteção de no mínimo 30.

Teoricamente a diferença entre o protetor com fator de proteção 30 em relação a um fator 60 é muito pequena como mostram os estudos, mas na pratica há uma importante diferença, pois a quantidade aplicada é muito menor que nos estudos, fazendo que a proteção seja melhor com o fator 60.

O protetor solar deve ser usado:

  • Em todas as áreas expostas 15 minutos antes da exposição solar.

  • Reaplicado a cada 2 horas se houver sudorese intensa ou banhos de mar ou piscina e, no dia a dia reaplicado a cada 3 a 4 horas.

  • Mesmo em dias nublados ele deve ser utilizado, pois as nuvens não bloqueiam toda a radiação do sol.

  • A radiação pode ser refletida pela areia, neve, água e outras superfícies (cimento e asfalto) aumentando o risco de queimadura solar, por isso mesmo nestes locais é necessário o uso do protetor.

  • E importante proteger os lábios com protetores labiais e os olhos com óculos adequados.

  • A fotoproteção na criança deve ser ainda mais rigorosa, crianças acima de 6 meses já podem usar protetor específico para esta idade. A proteção desde a infância reduz o risco de melanoma e outros cânceres de pele.

Lembre-se das 9 às 15 horas, no verão, em grandes altitudes como montanhas, localizações mais próximas à linha do Equador que costumas ser as áreas mais quentes apresentam radiação ultravioleta mais intensa, necessitando de uma maior proteção.

Não existe medida de protetora que isoladamente garanta uma fotoproteção adequada, por isso é recomendado a combinação de maior numero possível destas medidas proteção.

Não existe medida de fotoprotetora que isoladamente garanta uma fotoproteção adequada, por isso é recomendado a combinação de maior numero possível destas medidas.

Dra. Mirela Bernardina Borges
Médica Dermatologista
CRM-4078 AL RQE 1316



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive