Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Projeto de Lei sobre quimio oral poderá ser votado na Câmara

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/08/2019 - Data de atualização: 19/08/2019


O que houve?

A mesa diretora da Câmara dos Deputados aprovou o Requerimento n° 2.142/19, apresentado pela deputada Silvia Cristina (PDT-RO), que solicitou a desapensação do Projeto de Lei n° 10.722/18, dos projetos que tramitam na Comisão Especial que trata sobre mudanças na Lei dos Planos de Saúde (Lei 9.656/98).

A Comissão Especial foi criada em dezembro de 2016 para analisar mais de 150 propostas – Projeto de Lei nº 7.419/06, do Senado, e apensados, mas não chegou a concluir os trabalhos e a votar o relatório final, estando parada desde o final de 2017.
 
De autoria da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), o Projeto de Lei n° 10.722/2018, altera a Lei n° 9.656/98, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde, para determinar que a incorporação dos medicamentos antineoplásicos de uso oral seja efetivada automaticamente após o registro do medicamento junto a ANVISA, observando as indicações em bula e com prazo não superior a 180 (cento e oitenta) dias após registro.

O Projeto de Lei n° 7.419/06, do ex-senador Luiz Pontes (PSDB-CE), altera a Lei n° 9.656/98, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde, para ampliar disposições que regem os planos e seguros privados de assistência à saúde.

De acordo com a deputada Silvia Cristina (PDT-RO), que é presidente da Frente Parlamentar em Prol da Luta Contra o Câncer, a lei a ser alterada pelo primeiro projeto em relação ao segundo, em causa são diferentes, assim como são diferentes seus objetivos. A deputadaconcluiu que o objeto e as medidas propostas no Projeto de Lei nº 10.722/18 são mais específicos e merecem análise autônoma em sua tramitação na Câmara dos Deputados.

E agora?
 
O projeto será analisado pelas Comissões de Seguridade Social e Família (CSSF) e Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) em decisão terminativa. Ou seja, caso não seja apresentado requerimento solicitando que a matéria seja apreciada pelo plenário da Câmara dos Deputados, o projeto seguirá para análise do Senado Federal.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive