Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Por um diagnóstico de câncer precoce, mais ágil e de qualidade

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/11/2020 - Data de atualização: 06/11/2020


Você sabia que a publicidade e transparência dos atos e informações é um princípio constitucional da Administração Pública, mas, que mesmo assim, filas de espera de procedimentos e consultas no SUS em várias localidades brasileiras ainda não são publicizadas?

Além disso, você sabia que existe muita demora para que um paciente que apresente sinais e sintomas de câncer seja diagnosticado no SUS?

Estas duas informações por si revelam uma única realidade: o Brasil precisa trabalhar para que o diagnóstico do câncer possa ser célere (rápido) e sem perder de vista a qualidade que o procedimento requer, para que o tratamento seja efetivo e tempestivo (ocorra no melhor momento).

Pensando nisso, trabalhamos para que houvesse um prazo máximo para o diagnóstico no SUS, e, recentemente, tivemos uma conquista com a promulgação da Lei n° 13.896/19 para que os exames relacionados ao diagnóstico de neoplasia maligna sejam realizados no prazo de 30 (trinta) dias, nos casos especificados pela a norma.

Mas, sabemos que existem ainda muitos outros problemas relacionados ao tema.

O TCU (Tribunal de Contas da União) em auditoria realizada sobre a Política Nacional de Diagnóstico do Câncer, encontrou e apontou diversas falhas sobre a matéria, e recomendou ao Ministério da Saúde propostas de melhoria, requerendo deste, inclusive, um plano de ação para tanto.

Com todas essas informações em mãos, e após ouvir, através de entrevistas individuais, diversos especialistas da área, o Instituto Oncoguia vai trabalhar para que tão logo, a obrigatoriedade da publicação das filas de espera do SUS seja implementada em todo o país.

Entendemos que a transparência destas filas tende a fornecer informações preciosas ao paciente que espera o procedimento, e ao público, que pode exercer maior controle social sobre as políticas públicas que envolvam a utilização destas filas.

O Instituto Oncoguia entende a complexidade do sistema e suas ramificações hoje existente para o diagnóstico no SUS, mas, não abre mão das melhorias urgentes a serem discutidas e postas em ação pelos diversos atores que integram o planejamento e a gestão deste serviço.

Para tanto, as prioridades do tema identificadas pelo Oncoguia serão compiladas e publicadas por meio de posicionamento institucional para que população e gestores de saúde possam ter em mente os gargalos do sistema e trabalhem em prol de políticas públicas mais eficientes para a garantia do diagnóstico oportuno ao paciente com câncer.

No legislativo, os PLs monitorados pelo Oncoguia são:

  • PLS n° 140/17 - criação de legislação para instituir transparência nas filas do SUS e prazo de atendimento máximo. Apensado ao PL 192/18.
  • PLS n° 192/18 - criação de legislação para instituir transparência nas filas do SUS e prazo de atendimento máximo. (Obs.: Originado na SUG do Oncoguia)
  • PL n° 10.106/18 - criação de legislação para instituir transparência nas filas do SUS. 
  • PL n° 1.228/19 - determinar transparência na fila da saúde por meio da obrigatoriedade da divulgação de listagens de pacientes registrados para consulta com especialistas, exames e cirurgias na Rede Pública Estadual.

Com esta iniciativa esperamos que as filas de espera por procedimentos no SUS sejam transparentes e publicizadas e que, a cada vez mais se torne real em nosso país, o foco no diagnóstico mais rápido e com mais qualidade.

Não deixe de acompanhar abaixo todos os passos desta iniciativa, bem como o monitoramento legislativo que o Oncoguia realiza sobre os Projetos de Lei em curso sobre o tema.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive