Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Pesquisa revela como Covid-19 afetou os pacientes com câncer no Brasil

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/09/2020 - Data de atualização: 18/09/2020


Preocupada com o panorama do câncer em tempos de pandemia, a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) lançou a campanha #ContraOCâncerESemCovid. Nosso objetivo é fornecer, aos profissionais de saúde e à sociedade civil, informações relevantes sobre o novo coronavírus, promovendo debates e evidenciando o importante papel do oncologista neste momento.

Como primeiro passo da campanha, a SBOC realizou uma pesquisa entre seus associados para entender melhor os impactos da Covid-19 em cada canto do país. O levantamento foi respondido por 120 membros, que trabalham nos sistemas público, privado ou em ambos. Mais de 74% informaram que tiveram um ou mais pacientes que interromperam ou adiaram o tratamento por mais de um mês durante a pandemia.

A situação é preocupante, já que muitas pessoas com câncer não estão sendo atendidas de forma adequada, com atrasos no tratamento e no diagnóstico. Quanto aos procedimentos, quase 70% dos médicos acreditam que as cirurgias oncológicas foram mais afetadas. Mas não só isso: para 22,5% deles, os exames de seguimento também encararam obstáculos. Não à toa, menos de 1% dos entrevistados afirmaram que nenhum procedimento sofreu consequências.

Uma das mudanças que a pandemia provocou foi a aceleração do uso da telemedicina. No início de abril, foi sancionada uma lei que autoriza essa prática para todas as áreas da saúde enquanto durar a crise da Covid-19. Essa tendência realmente está sendo incorporada pelos profissionais. Para ter ideia, 64% dos oncologistas declararam que passaram a utilizar as teleconsultas (a resposta não especificou se a ferramenta foi usada no sistema público, privado ou ambos).

Segundo o levantamento, 9 a cada 10 médicos afirmaram que a instituição em que atuam conseguiu adotar medidas eficazes para contornar às dificuldades impostas pela Covid-19. Com o movimento ‘Contra o Câncer e Sem Covid’, a SBOC procura conscientizar os pacientes de que é possível dar andamento ao tratamento em segurança, pois as clínicas e hospitais estão adaptados a recebê-los.

Outra consequência da pandemia é o impacto salarial dos médicos. De acordo com a pesquisa, 28,57% dos entrevistados tiveram um corte de salário nesse período. As reduções chegam a até 50%.

Mais um grande ponto de atenção para a SBOC envolve o diagnóstico de novos casos de câncer. Diante de qualquer sinal ou suspeita da doença, é fundamental procurar um profissional o mais rápido possível, pois o diagnóstico precoce aumenta significativamente as chances de cura. É importante destacar, mais uma vez, que as instituições de saúde estão preparadas e seguindo rígidos protocolos de higiene e segurança para seguir atendendo a todos.

A SBOC permanecerá se dedicando à transmissão de informação de qualidade sobre a Covid-19 e câncer e continuará buscando, durante a pandemia e depois dela, maneiras de melhorar o cenário de diagnóstico tardio de câncer. O compromisso é o de proporcionar as melhores alternativas aos médicos e pacientes, além de oferecer educação de ponta aos profissionais da oncologia.

Fonte: Veja Saúde

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive