Espaço do

Paciente

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Participação por meio de consultas públicas da Conitec

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 03/02/2021 - Data de atualização: 03/02/2021


Nível de atuação. Federal.

O que é a CONITEC?

A Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde), tem por objetivo assessorar o Ministério da Saúde nas atribuições relativas à incorporação, exclusão ou alteração de tecnologias em saúde pelo SUS, bem como na constituição ou alteração de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT).

O que é uma consulta pública?

Como já explicamos anteriormente, a consulta pública tem por finalidade promover a participação da sociedade no processo de tomada de decisão nas ações governamentais abrindo a possibilidade de uma ampla discussão sobre diversos temas na área de saúde, permitindo que você participe e contribua na construção do sistema de saúde brasileiro. Por meio da consulta pública, o processo de elaboração do documento é democrático e transparente para a sociedade.

Informações essenciais

  • Essa ferramenta de participação social tem como objetivo a ampliação da discussão sobre diversos assuntos e colabora para o embasamento de decisões sobre a formulação e definição de políticas públicas.
  • Quando falamos em Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS), a Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS) promove a participação da sociedade no processo de tomada de decisão para inclusão de medicamentos e outras tecnologias por meio da disponibilização de suas recomendações em consulta pública por um prazo de 20 dias.
  • Excepcionalmente, esse prazo pode ser reduzido para 10 dias em situações de urgência e também pode ser aumentado.
  • Para facilitar a participação da sociedade, a Conitec produz relatórios para a sociedade, que são versões resumidas dos relatórios técnicos elaborados numa linguagem simples, facilitando o entendimento do assunto em debate e o posicionamento do paciente e do público em geral.
  • Após ler o relatório, os cidadãos podem emitir suas sugestões e comentários sobre a tecnologia avaliada, assim como sobre a recomendação inicial proferida pela Conitec. Essas contribuições devem ser inseridas no formulário eletrônico disponível no portal da Conitec.
  • Existem três formulários diferentes disponíveis para consulta pública no site da Conitec:
  1. Formulário de experiência ou opinião: para considerações sobre experiências práticas com a doença ou com a tecnologia em questão, provenientes tanto de pacientes, cuidadores, amigos, familiares ou profissionais de saúde.
  2. Formulário de contribuição técnico-científica: para considerações sobre o relatório técnico-científico, para opinar e adicionar novas informações técnicas provenientes de estudos, livros técnicos, etc.
  3. Formulário de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT): formulário específico para cada tema, cujo objetivo é registrar a opinião de pacientes, cuidadores ou responsáveis pelo paciente, para compreender o que, na sua perspectiva, é fundamental estar contemplado em um protocolo de cuidado para a sua condição. Também possibilita a contribuição técnica pelos profissionais de saúde, associações e interessados no tema, das versões preliminares dos protocolos novos ou em atualização, antes de sua aprovação final no Plenário da Conitec.
  • As contribuições são organizadas e inseridas nos relatórios técnicos para análise dos membros do plenário da Conitec.
  • Após discutir sobre as evidências científicas, as contribuições recebidas nas consultas públicas e outros aspectos relacionados à ATS, os membros do plenário emitem a recomendação final sobre a tecnologia avaliada.
  • O relatório técnico com a recomendação final da Conitec é, então, encaminhado ao Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (SCTIE), que decide se a tecnologia será incorporada ao SUS.

Não se esqueça

  • Sua participação pode contribuir e enriquecer a discussão a respeito da entrada ou não de um novo medicamento ou terapia ao arsenal do Sistema Único de Saúde.
  • Faça sua contribuição sempre que se deparar com uma consulta pública que se amolde às suas experiências e expertise.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive