Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Outubro Rosa: Rede de apoio e atividades multidisciplinares  

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/10/2021 - Data de atualização: 22/10/2021


No tratamento do câncer, é essencial que o paciente possa contar, além dos médicos e enfermeiros, com uma equipe multidisciplinar formada por profissionais como psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas e nutricionistas.

No SUS (Sistema Único de Saúde), o atendimento para pessoas com câncer é oferecido pelos hospitais vinculados ao INCA (Instituto Nacional de Câncer). Mas, é importante destacar que em todo país, os institutos e ONGs (Organizações não Governamentais) que prestam apoio às pessoas com câncer, fazem a diferença na vida de pacientes oncológicos.

Atividade Física

Há alguns anos, o repouso já não é a principal recomendação para pacientes oncológicos. Segundo a ONG Oncoguia, novas pesquisas apontaram que a prática de atividades físicas melhoram a qualidade de vida do paciente.

Os benefícios para saúde de quem está em tratamento são inúmeros, tais como, melhorar o equilíbrio, diminuir o risco de quedas, evitar a atrofia muscular, melhorar a circulação sanguínea, diminuir o risco de doenças cardíacas, osteoporose, ansiedade, depressão, náuseas, entre outros. A prática de atividades físicas ainda pode ajudar na autoestima do paciente, no humor, convívio social e na independência durante o período de tratamento.

Os exercícios do paciente devem sempre contar com a liberação e acompanhamento do médico oncologista, monitorando o estadiamento físico (grau de disseminação do câncer), condicionamento e tratamento do paciente.

Letícia Prates, de 33 anos, foi diagnosticada com câncer de mama aos 25 anos. Hoje, já em fase de remissão. Letícia defende a prática de atividades físicas durante cada fase de tratamento, respeitando os limites de cada corpo. Ela entende que a atividade física ajudou no fortalecimento do seu corpo e ainda trouxe outros benefícios na qualidade de vida, autoestima e bem-estar emocional.

“A atividade física é o melhor remédio, a melhor prevenção para tudo. A gente não foi feito para ficar parado. Veja uma casa ou carro parado, ele estraga. Nosso corpo é a mesma coisa, a gente precisa se movimentar todos os dias. O tratamento mexe com nosso emocional também, o exercício físico ajuda nisso também”, ressaltou a jovem.

Onco Movimento

A ONG (Organização não Governamental) Onco Movimento é especialista na reabilitação de pessoas que passaram ou estão passando pelo câncer. O objetivo da Onco Movimento é prevenir possíveis sequelas e melhorar o bem-estar do paciente, entendendo que a prática de atividades físicas regulares oferece inúmeros benefícios quando respeita cada etapa de tratamento do paciente.

Entre os projetos da ONG está o Programa Mulheres em Movimento, destinado para mulheres com câncer metastático. As atividades são realizadas ao ar livre e de maneira coletiva, onde inclui-se exercícios aeróbicos, de flexibilidade, resistência e relaxamento.

A equipe multidisciplinar que desenvolve o programa é formada por profissionais de diversas áreas como a fisioterapeuta, nutricionista e educadora física, todas especializadas no atendimento e desenvolvimento de pessoas com câncer.

Mulheres que estejam fazendo o tratamento e acompanhamento em serviços públicos podem participar das atividades de maneira gratuita. O contato deve ser realizado no site.

FEMAMA

A FEMAMA (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama) é uma instituição sem fins lucrativos, que atua em todo país com ONGs parceiras. Seu propósito é trabalhar na articulação de uma agenda nacional para campanhas, na criação e manutenção de políticas públicas para o câncer de mama e  facilitar o acesso ao diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Entre os serviços de apoio das ONGs parceiras estão: exames, banco de perucas, de lenços, medicamentos e sutiãs, orientação jurídica, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e até micropigmentação de aréola.  Para acessar as ONGs parceiras da FEMAMA mais próximas de você, clique aqui.

Voluntariado capacitado

Em São Paulo, a UNACCAM (União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama) é uma das ONGs parceiras da FEMAMA.  Fundada em 2001, entende que ter o voluntariado capacitado é primordial no apoio às pessoas com câncer. O grupo oferece terapia familiar e cursos de capacitação para pessoas que desejam se voluntariar na área.

Rapunzel Solidária

Já o projeto Rapunzel Solidária  tem o objetivo de devolver autoestima e sorrisos para mulheres que perderam seus cabelos durante o tratamento do câncer. A organização recebe doações de cabelos, transforma em perucas e faz a doação para aqueles que precisam.

No site, é possível encontrar todas as orientações para quem deseja doar e o formulário para que deseja receber.

Matéria publicada pela Câmara Municipal de São Paulo em 22/10/2021.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive