Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Oncoguia apoia Sobest em consulta pública sobre ostomizados

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/08/2019 - Data de atualização: 27/08/2019


O que houve?

No último dia 23/08, o Instituto Oncoguia enviou suas contribuições para o Ministério da Saúde, referente à Consulta Pública MS-SAES nº 5/19 que coletou contribuições da sociedade relativa ao aperfeiçoamento do  Guia de Atenção à Saúde da Pessoa com Estomia, apresentada pela Secretaria de Atenção Especializada em Saúde SAES/MS.

O Oncoguia ratificou o posicionamento da Associação Brasileira de Estomaterapia, referência nacional no tema escopo da presente Consulta Pública. Confira abaixo a íntegra da contribuição:

“O Instituto Oncoguia, vem, por meio deste, ratificar o posicionamento firmado pela SOBEST - Associação Brasileira de Estomaterapia, na Consulta Pública  n° 05/19 - sobre o Guia de Atenção à Saúde da Pessoa com Estomia, da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde - SAES/MS.

Assim como a referida associação, referência nacional no tema em apreço, o Oncoguia considera a elaboração deste documento  uma importante ação do Ministério da Saúde, no sentido de contribuir para padronizar e melhorar a assistência às pessoas com estomias, orientando os profissionais de saúde a seguirem diretrizes específicas. 

Abaixo ratificamos o compilado dos principais pontos objeto de sugestões, realizados pela SOBEST:

 • Foram encontrados erros de português e gramática no decorrer do texto, sendo necessária uma revisão gramatical da língua portuguesa. Além disso, o texto apresenta uso de abreviaturas sem prévia explicação do termo utilizado. 

• Considerando que o enfermeiro estomaterapeuta é o enfermeiro especialista no cuidado da pessoa com estomia sugere-se a inclusão das competências do enfermeiro estomaterapeuta para o cuidado da pessoa com cada tipo de estomia, além da inclusão do papel dos diferentes profissionais da equipe de saúde, incluindo o enfermeiro generalista e/ou da atenção básica. 

• Substituição do o termo "SONDA" pelo termo “TUBO” ou "CATETER", de acordo com o produto referendado, já que na terminologia em saúde não mais preconiza o uso de SONDA.  

• Sugerimos substituir o termo "DISPOSITIVO" pelo termo "EQUIPAMENTO". 

• Substituição do termo "DELIRIUM" pelo termo "DELÍRIO". 

• Substituição do termo "SECREÇÃO PERIESTOMIA " pelo termo "EXSUDATO". 

• Substituição da expressão "REVERSÃO DA ESTOMIA" pela expressão "RECONSTRUÇÃO DO TRÂNSITO INTESTINAL". 

• Observou-se que muitas das referências bibliográficas tem data superior a dez anos, o que pode sugerir dados ultrapassados. Existem materiais e recomendações de órgãos internacionais mais novos. Sugere-se o uso preferencial de publicações com no máximo 5 (cinco) anos. 

•  As referências são todas nacionais, o que restringe a validade do documento.

• Muitas das referências bibliográficas apresentam erros de formatação dentro da norma ABNT.

• O item 4.2 - Cuidados gerais e processo de reabilitação não aborda conteúdo sobre autocuidado, autonomia e independência do paciente, aspectos fundamentais para o processo de reabilitação da pessoa com estomia.

• Falta de conteúdo sobre a irrigação intestinal, assunto pouco explorado e merecedor de maior destaque, pois é fundamental para o controle intestinal e consequentemente favorece o processo de reabilitação da pessoa com estomia, quando indicada. 

• No tema traqueostomia há a falta de identificação dos produtos, dos diferentes tipos de cânulas, materiais e modelos, além da técnica para substituição destes materiais. Os cuidados de enfermagem estão incompletos, restringindo-se apenas ao uso de gazes e cadarço. Não foram apresentadas as indicações para traqueostomia em pessoas adultas e situações oncológicas. 

• Sobre as estomias de eliminação não há referência aos cuidados relacionados às complicações, assim como não apresenta o uso adequado dos equipamentos e adjuvantes; não fala sobre a demarcação pré-operatória da estomia e sua importância. Por fim, não aborda a indicação e uso das cintas pós cirúrgicas e suas indicações.  

• Sugere-se usar ilustrações, de modo a enriquecer o documento.

 

E agora?

A Coordenação Geral de Saúde da Pessoa com Deficiência do Departamento de Atenção Especializada e Temática (CGSPD/DAET/SAES/MS) coordenará a avaliação das proposições apresentadas e a elaboração da versão final consolidada do Guia de Atenção à Saúde da Pessoa com Estomia para fins de posterior aprovação e publicação, com vigência em todo o território nacional.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive