Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

OncoDebate - Tudo sobre o câncer de bexiga

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/07/2020 - Data de atualização: 04/08/2020


Na sexta-feira, dia 31 de julho, reunimos profissionais de saúde especialistas em câncer de bexiga para o nosso “OncoDebate: Tudo sobre câncer de bexiga”, que encerrou as atividades do mês de conscientização sobre a doença. O evento aconteceu on-line.

Confira os principais destaques.

  • Evelin Scarelli, coordenadora de relacionamento institucional e voluntariado do Instituto Oncoguia

Evelin abriu o evento contando para os participantes sobre o trabalho realizado pelo Oncoguia para pacientes com câncer de bexiga. Entre os destaques, Evelin apresentou serviços como o portal, o Canal Ligue Câncer e falou ainda sobre as campanhas educativas e pesquisas feitas com pacientes. 

  • Arnaldo Fazoli, urologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)

Tema: Câncer de Bexiga - o papel do urologista

Arnaldo iniciou sua palestra destacando a importância de questionar o paciente sobre como ele está urinando. Segundo o especialista, é neste momento que se estabelece uma relação entre urologista e paciente. 

Ele explicou qual o momento ideal para se procurar um urologista, falou sobre a prevenção do câncer de bexiga, sinais e sintomas mais comuns, apresentou os principais exames para o diagnóstico da doença e apontou os tratamentos disponíveis. 

Por fim, Arnaldo concluiu que o urologista é o profissional que faz o diagnóstico, solicita a biópsia, orienta e aconselha sobre o tratamento e que faz o acompanhamento pós-operatório de pacientes com câncer de bexiga. 

  • Fábio Schutz, oncologista clínico da Beneficência Portuguesa (BP)

Tema: Câncer de bexiga - o papel do oncologista 

Fábio iniciou sua fala explicando a diferença do papel do oncologista para o urologista no acompanhamento do paciente com câncer de bexiga. Segundo ele, o oncologista não opera, mas discute com o paciente sobre tratamentos mais localizados e também sobre tratamentos para a doença avançada. 

Em sua palestra, Fábio explicou detalhadamente os possíveis tratamentos disponíveis para pacientes com câncer de bexiga diferenciando-os e explicando quando cada tipo de tratamento é recomendado para cada caso. Ele ainda se aprofundou na explicação dos mecanismos de ação da imunoterapia e nos benefícios deste tipo de tratamento. 

  • Andreia Meira, Coordenadora de enfermagem dos ambulatórios de Oncologia da Beneficência Portuguesa (BP)

Tema: O cuidado multidisciplinar e o manejo do câncer de bexiga

Andreia abordou a importância de pacientes com câncer de bexiga contarem com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar. Ela falou sobre os principais profissionais que podem fazer parte dessa equipe de suporte e abordou o papel de cada um destes profissionais diante de diferentes tipos de tratamento possíveis para a doença. 

  • Rita de Cássia, enfermeira estomaterapeuta do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)

Tema: Reabilitação pós-cirurgia no câncer de bexiga 

Rita trouxe para o debate o trabalho de preparação do paciente com câncer de bexiga a partir do momento em que se decide pela realização de cirurgia. Segundo ela, este cuidado ajuda o paciente a compreender as mudanças que estão por vir e também a tirar todas suas dúvidas. Além disso, Rita destacou que não é um cuidado que compreende apenas questões físicas, mas também os aspectos emocionais do paciente. 

Por fim, ela explicou sobre estomia e comentou alguns aspectos importantes para que o paciente siga uma vida “normal” apesar desta grande mudança.

  • Tiago Matos, diretor de advocacy do Instituto Oncoguia

Tema: Direitos dos pacientes com câncer - foco em câncer de bexiga

Tiago destacou os principais direitos dos pacientes com câncer, apontando alguns especialmente para pessoas com câncer de bexiga. 

Segundo ele, o paciente estomizado é considerado deficiente, então conta com o acesso a direitos como aquisição de veículos, isenção de impostos, isenção da taxa de transporte urbano durante o tratamento (regra municipal, pode variar de cidade para cidade), cota em concursos para empregos públicos. Ele falou ainda sobre o saque do FGTS e sobre a lei dos 30 dias. Confira estes e outros direitos dos pacientes com detalhes em nosso portal.
 

OncoDebate Bexiga

OncoDebate - Tudo sobre câncer de bexiga

No dia 31 de julho, o Instituto Oncoguia reuniu diversos especialistas para debater os principais temas que envolvem o Câncer de Bexiga, como o papel do urologista, do oncologista, o cuidado multidisciplinar, além de outros temas.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive