Tipos de Câncer

Tumor Carcinoide Gastrointestinal


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O Trato Gastro Intestinal

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/05/2013 - Data de atualização: 18/04/2017


O tubo digestivo é dividido em trato gastrointestinal superior trato gastrointestinal inferior:
 


Trato gastrointestinal superior

É composto pela boca, faringe, esôfago e estômago.

Na boca, ocorre a mastigação iniciando-se assim o processo de digestão dos alimentos com a formação do bolo alimentar.

A faringe auxilia no processo de deglutição (ato de engolir).

O esôfago é o canal de passagem para onde o bolo alimentar é empurrado por meio de contrações musculares (movimentos peristálticos) até o estômago.

No estômago, inicia-se o processo de degradação dos alimentos. O bolo alimentar torna-se mais líquido e ácido passando a se chamar quimo e vai sendo, aos poucos, encaminhado para o duodeno.

Trato Gastro Intestinal Inferior


            Intestino Delgado

São produzidas em sua parede as enzimas: peptidase para digestão de proteínas, maltase para digerir a maltose, lactase para digestão da lactose e sacarase que digere a sacarose. A superfície interna, ou mucosa, dessa região, apresenta milhões de pequenas dobras, chamadas vilosidades com o que aumenta a superfície de absorção intestinal. O intestino delgado também absorve a água ingerida, os eletrólitos e as vitaminas.

O intestino delgado se divide em:

  • Duodeno. É a porção inicial do intestino delgado, é a mais curta e tem forma de C, é no duodeno que o suco pancreático (neutraliza a acidez do quimo e faz a digestão de proteínas, de carboidratos e de gorduras) e a secreção biliar (emulsificação de gorduras) agem atacando o quimo e a transformando em quilo.

  • Jejuno. Local onde começa a absorção dos nutrientes.

  • Íleo. É o último segmento do intestino delgado.
 
            Intestino Grosso

Está dividido em quatro partes: ceco, cólon, sigmoide e reto. É o local de absorção de água, tanto a ingerida quanto a das secreções digestivas. Glândulas da mucosa do intestino grosso secretam muco, que lubrifica as fezes, facilitando seu trânsito e eliminação pelo ânus:

  • Ceco. É a porção inicial do intestino grosso de maior calibre, que se comunica com o íleo. Para impedir o refluxo do material proveniente do intestino delgado, existe uma válvula localizada na junção do íleo com o ceco - válvula ileocecal. No fundo do ceco encontramos uma ponta chamada apêndice cecal ou vermiforme.

  • Cólon. É a região intermediária, um segmento que se prolonga do ceco até o ânus, está subdividido em cólon ascendente, cólon transverso e cólon descendente.

  • Sigmoide. O sigmoide ou porção pélvica é a porção do intestino grosso que liga a porção transversal do mesmo ao reto.

  • Reto. É a parte final do tubo digestivo e termina no canal anal. Ele possui geralmente três pregas em seu interior e é uma região bem vascularizada.

  • Ânus. Controla a saída das fezes está localizado na extremidade do intestino grosso.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive